De voyeurismo a suruba: veja as fantasias sexuais que mais mexem com o imaginário do brasileiro

Pesquisa realizada por uma rede social adulta mostra que os brasileiros desejam fazer sexo a três, swing e até transar com alguém fardado com trajes militar

advogado confundiu-se na hora de anexar o contrato do referido seguro e acabou anexando um contrato entre
advogado confundiu-se na hora de anexar o contrato do referido seguro e acabou anexando um contrato entre "o Dominador e a Submissa", nos moldes do enredo do best-seller "50 Tons de Cinza"

Dia 6 de setembro é comemorado no Brasil o Dia do Sexo. Esta data nasceu de forma sugestiva para aquecer e movimentar o mercado erótico. O dia está finalizando, mas não poderíamos deixar passar em branco uma data tão especial como esta.

Diante isso, uma rede social adulta chamada Sexlog divulgou uma pesquisa sobre as fantasias sexuais que mais mexem com o imaginário dos brasileiros. E você não vai acreditar. Não tem nada a ver com suítes caras de motéis ou a utilização de brinquedinhos.

Ménage à trois

Um terceira pessoa na cama será bem vinda para cerca de 60% dos homens e 53% das mulheres que responderam a pesquisa. Diante isso, outro dado também chamou bastante atenção: 48,5% dos homens demonstraram interesse em participar de uma suruba e é a segunda fantasia mais bem avaliada pelo sexo. Para 33% das mulheres, no entanto, a vontade de fazer swing – a famosa troca de casais – tomou a vice-liderança do assunto.

Fardamento

Outra fantasia bem avaliada na pesquisa foi o desejo de 23% das mulheres de transarem com alguém fardado com traje militar. Esse imaginário, entretanto, não caiu muito na graça masculina e apenas 9% dos homens disseram desejar a situação.

Voyeurismo

Os brasileiros sentem prazer em ver ou ser visto durante o ato sexual. Prova disso é que 28% dos entrevistados alegaram desejo em ter uma plateia no momento da transa. Para os que não são BBB, mas gostam de dar aquela espiadinha, principalmente sobre o que acontece embaixo dos lençóis, o índice é de 27%.

Lugares inusitados

A pesquisa destaca que, quando o momento é sentir prazer, não interessa onde será o local onde acontecerá a pegação. Os dados mostraram que 15% desejam transar em uma sacada e 12% alegaram vontade de fazer sexo em um banheiro público. Dentro do carro, a preferência é para 14% dos participantes.

Sexo bom é sexo livre!

Questionados sobre a realização das fantasias que têm em suas cabeças, 70% dos entrevistados alegaram que já fizeram sexo de acordo com o que imaginavam.

*Com informações do Metrópoles