Pesquisa

Datafolha: 68% responsabilizam Dilma por corrupção

Resultado não teve impacto relevante no número de pessoas que consideram a gestão de Dilma boa ou ótima




Pesquisa Datafolha realizada nos dias 2 e 3 de dezembro com 2.896 pessoas aponta que sete em cada 10 brasileiros acreditam que a presidente Dilma Rousseff tem alguma responsabilidade no escândalo de corrupção da Petrobras, de acordo com matéria publicada neste domingo pelo jornal Folha de S.Paulo.

Entretanto, as descobertas feitas durante a Operação Lava Jato, que apura irregularidades cometidas por políticos e empreteiras vinculados à estatal, não tiveram impacto significativo na imagem da presidente.

A gestão de Dilma é boa ou ótima para 42% dos entrevistados – mesmo patamar registrado em 21 de outubro, quando a administração da presidente alcançou o melhor patamar desde junho de 2013. Consideram a gestão de Dilma ruim ou péssima 24%. Em 21 de junho, esse patamar era de 20%. A margem de erro é de dois pontos.

Queda na preocupação com a corrupção
A pesquisa Datafolha também observou que a preocupação do brasileiro com a corrupção vem caindo. Em junho, ela era o principal problema do Brasil para 14% e agora é para somente 9%. 

A Saúde continua no topo do ranking com 43% das citações. Violência/Segurança aparece em segundo lugar, com 18%. Ainda segundo a consulta, 40% das pessoas ouvidas acreditam que nunca houve tantas punições aos corruptos como atualmente.

Expectativa para o segundo mandato
O instituto apurou que 50% dos eleitores acreditam que a petista fará um bom governo nesse segundo mandato. O patamar é 23 pontos menor que o registrado antes da posse de Dilma, em 2011, mas é melhor que o de Fernando Henrique Cardoso na véspera de seu segundo mandato, em 1998, que foi de 41%.