Francisco Costa
Do Mais Goiás

Daniel Vilela classifica Rogério Cruz como ‘eficiente’ no início do mandato

Presidente do MDB de Goiás integra Conselho de Gestão do prefeito

Daniel Vilela diz que Rogério Cruz foi eficiente nos primeiros dias de mandato
Daniel Vilela diz que Rogério Cruz foi eficiente nos primeiros dias de mandato (Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás)

Na avaliação do presidente do MDB estadual, Daniel Vilela, o prefeito Rogério Cruz (Republicanos) é eficiente em seus primeiros dias de gestão em Goiânia. Vilela, que é o único membro do Conselho de Gestão do Prefeito fora da gestão municipal, diz que a administração tem sido resolutiva e tem dado vazão aos problemas com sua postura proativa. A fala foi dada em coletiva, na segunda (22), durante lançamento do Renda Família.

Ele também tratou sobre o Conselho. “A função desse comitê [Conselho de Gestão], idealizado pelo prefeito, é monitorar as decisões tomadas, as que serão tomadas no futuro, considerando as propostas apresentadas na campanha e as circunstâncias momentâneas”, expõe o filho do prefeito eleito Maguito Vilela, falecido em 13 de janeiro.

O conselho foi criado por decreto, em 27 de janeiro, com intuito de “formular, propor, desenvolver, auxiliar e elaborar ações, programas e diretrizes necessárias na implementação de ações e projetos a serem desenvolvidos no âmbito das políticas públicas, além de propor as medidas necessárias ao seu adequado desenvolvimento”.

Além de Daniel, compõem o colegiado: secretário particular do prefeito, José Alves Firmino; secretário Municipal de Governo, Andrey Azeredo; secretário Municipal de Infraestrutura Urbana, Luiz Bittencourt; secretário Municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Agenor Mariano; secretário Municipal de Relações Institucionais, Euler de Morais; secretário Extraordinário, Leandro Vilela, sobrinho de Maguito; secretário Municipal de Comunicação, Bruno da Rocha Lima; e secretário Executivo de Assuntos Estratégicos, Gean Carlo Carvalho.

Na última semana, foram incluídos, ainda, Pedro Pinheiro Chaves, secretário municipal de Mobilidade; e Alessandro Melo da Silva, secretário Municipal de Finanças. A alteração saiu no Diário Oficial da prefeitura de Goiânia do dia 12 de fevereiro.