Os Brau: ‘Cumpre uma função especial sem a pretensão de resolver o mundo’

O programa, novidade da grade da Rede Globo, toca em algumas feridas sociais, como o racismo


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 09/04/2017 às 10:10:10

Especial da Rede Globo vai ao ar hoje (9) (Foto: Divulgação/TV Globo)
Especial da Rede Globo vai ao ar hoje (9) (Foto: Divulgação/TV Globo)

São poucas as produções da TV brasileira que trazem os negros ao protagonismo. E dentro desse universo, há uma parcela ainda menor das que os colocam em cena longe da marginalidade. Com as sutilezas características da obra de Jorge Furtado, Mister Brau se utiliza da comédia para tocar em algumas feridas sociais. Racismo, por motivos óbvios, é o ponto central. Mas vai muito além.

“Mister Brau acabou virando um programa que cumpre uma função especial sem a pretensão de resolver o mundo. Vem através da comédia provocar uma reflexão. Falamos de temas sérios e de uma maneira muito sincera. Todos os programas que trazem o questionamento social em sua estrutura repercutem muito. E são temas difíceis de serem tocados. A comédia é um instrumento maravilhoso para provocar a reflexão. Ela agrega e convida a refletir. Ela não obriga a isso”, pondera ainda Taís Araújo.

Ela, que também integra o Saia Justa, do GNT, acredita no poder do debate para transformar o mundo. “É a minha vida, são as coisas em que eu acredito, a maneira como educo os meus filhos, minha vontade de ver este país melhor. E eu posso fazer e falar tudo isso e ainda sou paga para isso (risos).”