Copa do Brasil

Cruzeiro perde em Natal, mas avança às semifinais

Time toma virada na segunda etapa por 3 a 2 e só avança por causa dos gols marcados fora de casa - na ida, em Belo Horizonte, havia vencido por 1 a 0




Não era para ser tão sofrido, mas o Cruzeiro conseguiu a classificação às semifinais da Copa do Brasil. Na Arena das Dunas, em Natal, o time mineiro abriu 2 a 0 no placar contra o ABC no primeiro tempo, parecia que avançaria sem problemas, mas tomou a virada na segunda etapa por 3 a 2 e só avançou por causa dos gols marcados fora de casa – na ida, em Belo Horizonte, havia vencido por 1 a 0.

Na luta por uma vaga na decisão, o Cruzeiro conhecerá nesta quinta o seu adversário. Ele sairá do confronto entre Santos e Botafogo, que se enfrentam no estádio do Pacaembu, em São Paulo. No jogo de ida, há duas semanas, no Maracanã, o time santista venceu por 3 a 2 e leva boa vantagem para decidir em casa.

Em campo, mesmo com um time misto – já que o técnico Marcelo Oliveira tinha jogadores machucados, vindo da seleção brasileira ou simplesmente poupados -, o Cruzeiro foi soberano no primeiro tempo. Sem dificuldades, chegava ao ataque e criava boas chances de gol. Aos 30 minutos, saiu o primeiro. Depois de uma cobrança de escanteio, a bola sobrou para Willian acertar o ângulo direito do goleiro Gilvan.

Com mais tranquilidade no confronto, o Cruzeiro manteve o ritmo e conseguiu ampliar ainda antes do intervalo. Aos 41 minutos, Willian tocou para Alisson, que se livrou do goleiro e chutou em direção ao gol. Henrique apareceu na linha para empurrar para o fundo da rede.

No segundo tempo, um verdadeiro apagão tomou conta do Cruzeiro. Isso fez com que o ABC tivesse mais espaço e o primeiro gol aconteceu aos 15 minutos. Rodrigo Silva aproveitou um cruzamento de Madson e um vacilo de Dedé para marcar. Cinco minutos depois, o zagueiro cruzeirense cometeu pênalti em Marlon e Xuxa empatou.

Dominando o jogo e todo no ataque, com o apoio da torcida, o ABC pressionou muito e fez o terceiro gol aos 40 minutos, com Alvinho, colocando enorme pressão no líder do Campeonato Brasileiro. Até o final, o goleiro Fábio teve que intervir com boas defesas e um pouco de cera para garantir a classificação mineira.

FICHA TÉCNICA
ABC 2 x 2 CRUZEIRO

GOLS – Willian, aos 30, e Henrique, aos 41 minutos do primeiro tempo; Rodrigo Silva, aos 14, e Xuxa (pênalti), aos 20, e Alvinho, aos 40 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS – Xuxa (ABC); Fábio, Dedé, Nilton e Alisson (Cruzeiro).
ÁRBITRO – Anderson Daronco (RS).
RENDA – R$ 772.565,00.
PÚBLICO – 18.530 pagantes (20.596 no total).
LOCAL – Arena das Dunas, em Natal (RN).

ABC – Gilvan; Madson, Sueliton, Marlon e Samuel; Daniel Amora, Fábio Bahia, Patrick (Alvinho) e Xuxa; João Paulo (João Henrique)(Beto) e Rodrigo Silva. Técnico: Moacir Júnior.

CRUZEIRO – Fábio; Ceará, Manoel, Dedé e Egídio (Léo); Nilton, Willian Farias, Henrique e Alisson (Neilton); Willian e Borges (Marlone). Técnico: Marcelo Oliveira.