Criciúma empata com Flamengo e já está rebaixado

O jogo teve um primeiro tempo morno, mas o time catarinense despertou e proporcionou uma segunda etapa equilibrada

O rebaixamento do lanterna Criciúma foi confirmado matematicamente neste domingo, com o empate por 1 a 1 com o Flamengo, no Estádio do Castelão, em São Luís (MA), pela 36ª rodada do Brasileirão. O jogo teve um primeiro tempo morno, mas o time catarinense despertou e proporcionou uma segunda etapa equilibrada, com bons lances de ataque. Mesmo assim, não evitou a queda precoce.

Como só um milagre evitaria o rebaixamento, o Criciúma já tinha dispensado 13 jogadores durante a semana, além de demitir o técnico Toninho Cecílio. Ao empatar neste domingo, o time catarinense ficou com 31 pontos, confirmando a queda para a Série B de 2015. Para o Flamengo, sem qualquer pretensão na reta final do Brasileirão, o resultado em São Luís não mudou nada: tem agora 48 pontos.

Logo nos minutos iniciais, o Flamengo emplacou uma sequência de bons ataques. O time conseguia penetrar a defesa do Criciúma com facilidade, principalmente pelas pontas, mas era ineficiente para concluir as jogadas. A equipe catarinense lutava para se defender e teve muito pouca presença ofensiva. Assim, só levou perigo ao gol flamenguista uma vez, em uma boa cobrança de falta de Lucca, defendida por Paulo Victor.

No decorrer da etapa, a velocidade da partida diminuiu, assim como a quantidade de finalizações. O jogo, então, passou a ficar muito truncado. O Flamengo seguiu controlando o rival e chegou ao gol aos 38 minutos, quando, após uma confusão na área da equipe catarinense, a bola sobrou para Elton marcar.

Sob o comando técnico interino Luizinho Vieira e com os jogadores que restaram no elenco após a dispensa geral, o Criciúma voltou do intervalo com mais iniciativa, adiantou a marcação e, assim, passou a levar perigo à defesa adversária.

O gol de empate saiu de uma grande jogada de Roger Guedes. Aos 20 minutos, ele recebeu a bola na intermediária, arrancou até o campo do Flamengo, driblou três adversários e passou para Cléber Santana, livre, concluir.

No fim, o Criciúma cresceu de produção e por pouco não virou o placar. Destaque do time, Roger Guedes fez duas finalizações que obrigaram o goleiro a fazer grandes defesas. Assim, não deu para evitar o rebaixamento e a volta para a segunda divisão do futebol brasileiro.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 1 X 1 CRICIÚMA

GOLS – Elton, aos 38 minutos do primeiro tempo; Cleber Santana, aos 20 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO – Francisco Carlos do Nascimento (AL).
CARTÕES AMARELOS – Wallace (Flamengo); Barreto, Fábio Ferreira, Giovanni e Lucca (Criciúma).
RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.
LOCAL – Estádio Castelão, em São Luís (MA).

FLAMENGO – Paulo Victor; Léo Moura, Wallace, Chicão e Anderson Pico (João Paulo); Cáceres, Marcio Araújo, Canteros (Lucas Mugni) e Everton; Gabriel (Elton) e Nixon. Técnico – Vanderlei Luxemburgo.

CRICIÚMA – Edson; Rafael Pereira, Iago Maidana, Fábio Ferreira e Giovanni; João Vitor, Barreto (Maicon Silva), Cleber Santana (Andrew) e Douglas; Bruno Lopes (Roger Guedes) e Lucca – Técnico: Luizinho Vieira (interino).