Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás

Criança é atingida no pescoço durante tentativa de homicídio, em Goianira

Segundo a PM, menino foi levado ao Hugol, onde permanece na UTI, em coma. Adolescente, alvo dos disparos, também foi atingido e passou por cirurgia

Criança é atingida no pescoço durante tentativa de homicídio, em Goianira
Criança é atingida no pescoço durante tentativa de homicídio, em Goianira

Uma criança de 5 anos foi atingida no pescoço durante uma tentativa de homicídio ocorrida no residencial Triunfo, em Goianira, na madrugada do último domingo (27). Segundo a Polícia Militar (PM), o alvo era um adolescente, de 17 anos, que foi alvejado na perna e no abdômen. Dois suspeitos do crime foram presos.

De acordo com a ocorrência da PM, vítimas estavam em casa quando a dupla teria arrombado a residência. Suspeitos atiraram contra o adolescente, mas um dos projéteis atingiu o menino. A bala teria percorrido um trajeto até o pulmão da criança. Atiradores fugiram na sequência.

Ambos foram socorridos em e encaminhados ao Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol). O Mais Goiás não conseguiu o nome dos envolvidos para atualizar os estados de saúde deles, mas na ocorrência policial consta que o adolescente passou por cirurgia e foi transferido para a enfermaria da unidade. Já a criança também foi submetida à cirurgia e encontrava-se em coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Motivo desconhecido”

O adolescente contou aos policiais que não sabe qual seria a motivação do crime. Afirmou ainda não integrar facções criminosas, mas teria indicado que os suspeitos fariam parte do Primeiro Comando da Capital (PCC). Ele também relatou que estava abraçado com a criança, mas que isso não intimidou os suspeitos a atirarem. Após ser atingido, ele ainda teria sido chutado pelos atiradores.

O adolescente afirmou que estava no local pois tem um relacionamento amoroso com a mãe da criança, o que foi confirmado pela mulher, que conseguiu identificar os invasores. Policiais então retornaram ao Residencial Triunfo para tentar localiza-los.

Um dos homens foi localizado na porta da casa onde morava, na Rua 53. Ele foi abordado e, inicialmente, negou as acusações. Porém, os policiais falaram sobre as vítimas e o homem identificou o paradeiro do segundo suspeito, que morava na Rua 62. Os policiais entraram na residência e encontraram o homem na sala.

Ele tentou correr para um quarto, mas foi detido. Ele tentava alcançar um revólver calibre 32. Além da arma, policiais também apreenderam R$ 604 e três celulares. O segundo suspeito confessou a autoria dos disparos e disse que a vítima tinha uma dívida de drogas no valor de R$ 1 mil.

Todo o material apreendido e os suspeitos foram encaminhados à Central de Flagrantes de Trindade.

Criança é atingida no pescoço durante tentativa de homicídio, em Goianira

Celulares apreendidos com os suspeitos pelos policiais (Foto: divulgação/PM)