PANDEMIA

Covid-19 mata vice-presidente do Grêmio

Marco Bobsin, de 68 anos, recebeu alta após mais de 100 dias internado, mas não resistiu a uma infecção generalizada


Agência O Globo
Agência O Globo
Do Agência O Globo | Em: 30/07/2020 às 19:18:12

Marco Bobsin, 68 anos, vice-presidente do Grêmio (Foto: Redes sociais)
Marco Bobsin, 68 anos, vice-presidente do Grêmio (Foto: Redes sociais)

Um dos vice-presidentes do Grêmio, Marco Bobsin, faleceu no final da tarde desta quinta-feira no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. O dirigente havia se recuperado da Covid-19 após mais de 100 dias internado, mas voltou ao hospital recentemente por conta de complicações da doença. 

O dirigente passou quase dois meses internado na UTI para superar a Covid-19. Há cerca de um mês, ele deixou o hospital na companhia do presidente Romildo Bolzan Júnior e do vice de futebol Paulo Luz. 

Entretanto, Marco voltou a ser internado por conta de uma infecção urinária. O problema se espalhou e chegou ao intestino. Terminou por atingir outros órgãos do dirigente de 68 anos, eleito em dezembro como vice-presidente do Grêmio por três anos. O Grêmio manifestou pesar pela morte do dirigente. 

Bobsin foi contaminado logo no início da pandemia no país, em março, e ficou no hospital já a partir dos primeiros exames. Recebeu alta, mas precisou voltar a ser internado no meio de julho e desde então lutava pela recuperação. O dirigente era casado com Graça Bobsin e tinha dois filhos, Mariane e Diego.