Do Mais Goiás

Covid-19: Hospital Araújo Jorge e UOA mudam rotina de atendimento

Medidas passaram ser validas a partir desta quinta-feira (19)

Novo equipamento de Radioterapia do Araújo Jorge poderá reduzir tempo de sessão para 5 min
O Hospital Araújo Jorge recebeu na última semana um novo acelerador linear, tecnologia de ponta que ajudará pacientes na luta contra o câncer. O equipamento, adquirido há alguns meses, deverá ampliar em cerca de 30% a quantidade de pacientes atendidos diariamente no setor de Radioterapia. O investimento foi de R$ 7 milhões, e custeado com recursos do próprio hospital.

A partir desta quinta-feira (19) o Hospital de Câncer Araújo Jorge (HAJ), em Goiânia  e a Unidade Oncológica de Anápolis (UOA), em Anápolis, cancelaram consultas de rotinas, alteram regras de acompanhamento de pessoas internadas e suspende trabalhos voluntários por prazo indeterminado.

As medidas adotadas pela Associação de Combate ao Câncer em Goiás (ACCG), administradora do leito, visa reduzir a demanda de circulação nas unidades que chegam, em média, 2,000 pessoas por dia.

O objetivo de reduzir a circulação de pessoas dentro das instituições é para proteger os pacientes oncológicos, considerados os mais propensos a desenvolver sintomas graves caso sejam contaminados pelo novo Coronavírus (Covid-19).

“A manutenção de todas as atividades do HAJ e da UOA torna as medidas de proteção ainda mais necessárias. É que na maioria das vezes os pacientes oncológicos são indivíduos imunossuprimidos e a alta vulnerabilidade estende o cuidado também para os profissionais envolvidos no atendimento, o que reforça a necessidade de adotar medidas para reduzir a intensidade de propagação da doença”, justifica o Hospital.

Mudanças

Entre as principais mudanças: estão a proibição da visitação aos pacientes internados nas unidades geridas pela ACCG, a limitação do horário para troca de um único acompanhante e a suspensão dos trabalhos voluntários, considerado parte importante do funcionamento das unidades de saúde.

Todas as consultas de controle serão desmarcadas e reagendadas posteriormente. Além disso, estão impedidos de comparecer ao HAJ e à UOA os acompanhantes que apresentarem sintomas de resfriado, como dor de garganta, tosse, dificuldade de respirar, calafrios ou febre e dores pelo corpo.

Eventos internos feitos pela ACCG também estão suspensos por tempo indeterminado, assim, como os cursos presenciais do Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP).