Tragédia

Corpo de desaparecido é encontrado submerso dentro de carro em rio de Luziânia

Gilberto da Silva, de 39 anos, estava desaparecido desde a última sexta (12); carro estava a quatro metros de profundidade, com as rodas pra cima. Condutor ficou preso às ferragens


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 17/07/2019 às 10:27:55

(Foto: Divulgação / Bombeiros)
(Foto: Divulgação / Bombeiros)

O corpo de Gilberto da Silva Santos, 39, desaparecido desde sexta-feira (12), foi encontrado na manhã de segunda-feira (15), dentro de um carro, no fundo do Rio Bartolomeu, no município de Luziânia, Entorno do Distrito Federal (DF). Segundo registro dos Bombeiros, uma equipe de resgate precisou trabalhar por mais de 30 horas para encontrar cadáver.

No início da manhã da segunda-feira (15), a irmã da vítima se apresentou à corporação pedindo ajuda para encontrar o irmão, de 39 anos, que não tinha histórico de doenças mentais. Inicialmente, os bombeiros saíram em operações por áreas indicadas como possíveis de encontrar o trabalhador rural.

Conforme expõe a corporação, a última vez que Gilberto tinha sido visto foi na madrugada da segunda-feira (12), em um bar, localizado em Luziânia. Durante as buscas, os bombeiros foram informados de que havia marcas de frenagem na GO-010 e galhos quebrados nas proximidades do Rio Bartolomeu.

Ao averiguarem, os mergulhadores encontraram o veículo da vítima, um Fiat Uno, submerso a quatro metros de profundidade e com as rodas viradas para cima. Um guincho foi até o local e tirou o carro do fundo do rio. O corpo do trabalhador rural estava preso às ferragens. Equipes da Polícia Civil (PC) e da Polícia Militar estiveram no local.

(Foto: Divulgação / Bombeiros)

(Foto: Divulgação / Bombeiros)

(Foto: Divulgação / Bombeiros)

(Foto: Divulgação / Bombeiros)

(Foto: Divulgação / Bombeiros)

(Foto: Divulgação / Bombeiros)

*Thaynara da Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira