Investigação

Coordenação do Puama afirma estar apurando morte de jovem por eletrocutamento

Vítima, de 19 anos, fazia exercícios em praça recém-inaugurada no Faiçalville quando recebeu uma descarga elétrica ao tocar em um poste de iluminação





//

A Coordenação do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama) e a empreiteira responsável pelas obras do parque afirmaram, por meio de nota encaminhada nesta quinta-feira (19/11), que estão apurando as causas do acidente que vitimou um jovem de 19 anos. Conforme relata a nota, uma perícia técnica independente também avaliará a instalação elétrica do local.

O incidente aconteceu em uma praça recém-inaugura dentro do Parque Macambiara Anicuns, na Avenida Dom Pedro Primeiro, no Setor Faiçalville, em Goiânia. A vítima, de 19 anos, fazia exercícios na noite desta quarta (18) na praça do bairro quando recebeu uma descarga elétrica ao tocar em um poste de iluminação.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local e ainda tentou reanimar a vítima, mas o rapaz não resistiu e morreu.

A coordenação do Puama informou que nem ela e nem a empreiteira receberam qualquer denúncia sobre algum defeito no sistema elétrico. “O Parque de Vizinhança 2 está interditado até que todos os fatos sejam esclarecidos e só será reaberto após certificação de total segurança aos visitantes.”

As duas entidades também prestaram condolências aos parentes do jovem morto no incidente. “A Coordenação do Puama lamenta o ocorrido e informa que prestará, em conjunto com a empresa responsável pelo parque, toda a assistência à família da vítima.”

Tópicos