Publicidade

Consumidores atacam comercial do Boticário com casais gays

Nova campanha de O Boticário: ataques de pessoas que não gostaram dos casais gays





//

Uma onda de críticas e ataques está sobre O Boticário desde a semana passada, quando a marca lançou a sua nova campanha para o Dia dos Namorados.

No vídeo, há quatro casais, sendo dois formados por um homem e por uma mulher, um por duas mulheres e outro por dois homens.

Na trilha sonora, uma versão de “Toda forma de amor”, de Lulu Santos. A marca deixou claro que o comercial celebrava a data para todos os tipos de casais e amores.

Mas a mensagem não agradou todo mundo. Nas redes sociais e via Whatsapp, se espalharam mensagens de preconceito e ódio contra a marca. Muitos diziam que o comercial colocava em risco “a família brasileira”.

Grupos contrários ao comercial, muitos se identificando como evangélicos, pediram boicote à marca e promoveram uma campanha para clicar em “Não gostei” no vídeo do Boticário no YouTube.

Com mais de um milhão de visualizações desde o dia 25 de maio, há mais de 149 mil “dislikes” (e cerca de 173 mil “likes”).

Resposta

Após uma consumidora fazer uma reclamação no site Reclame Aqui, a  marca resolveu responder: “O Boticário acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação”, disse a empresa. “O Boticário reitera, ainda, que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista”, completou.

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) defendeu a marca em sua página no Facebook: “O ódio de fundamentalistas religiosos não descansa nem numa data em que a lei é, literalmente, o amor! (…) Deixo aqui os meus parabéns e o meu like para a empresa e para o amor!”.

Tópicos