Libertadores da América

Conmebol oficializa eliminação do Boca Juniors da Libertadores

Com isso, o River enfretará o Cruzeiro na próxima quinta-feira, às 22h, no Monumental de Nuñez




O Cruzeiro agora tem, oficialmente, um rival nas quartas de final da Copa Libertadores da América. A Confederação Sul-Americana de Futebol excluiu o Boca Juniors do torneio e deu a classificação ao River Plate para enfrentar a Raposa.

O primeiro duelo deverá realizado em Buenos Aires, no Monumental de Nuñez, na quinta-feira, às 22h. Já a partida da volta deverá ser realizada na quarta-feira da semana seguinte, dia 27, no Mineirão. O Cruzeiro tem o direito de fazer o segundo jogo em casa por ter feito campanha melhor na primeira fase.

Além da exclusão do Boca Juniors do torneio, a Conmebol definiu quatro jogos internacionais sem público na Bombonera. O clube xeneize também terá que pagar uma multa de 200 mil dólares. Os advogados xeneizes prometem recorrer da decisão.

Cruzeiro e River já se enfrentaram até hoje 12 vezes, sendo a última delas em 1999. O retrospecto é amplamente favorável à Raposa, com nove vitórias e três derrotas. Foram cinco mata-matas disputados, com cinco classificações do Cruzeiro. Além disso, os clubes decidiram três títulos, todos eles conquistados pela equipe estrelada: a Libertadores de 1976, a Supercopa de 1991 e a Recopa de 1998.