RECUPERAÇÃO

Conheça o projeto de reabilitação pós-covid lançado pelo governo de Goiás

A meta da pasta é capacitar todas as unidades de saúde da Atenção Primária do estado de Goiás para identificar e avaliar os usuários com histórico da doença provocada pelo Sars-CoV-2


Ton Paulo
Do Mais Goiás | Em: 08/01/2021 às 15:37:45

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), lançou, na última quarta-feira (6), o projeto piloto voltado para a reabilitação de pacientes que já tiveram covid-19 no município de Inhumas, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a gestão, o intuito será “qualificar as equipes de Atenção Primária e fortalecer a assistência integral à saúde aos usuários do SUS com sequelas ou limitações provenientes da infecção pelo coronavírus“.

A SES estima que, neste piloto, 30 moradores de Inhumas que já tiveram a covid integrarão o projeto. No entanto, a meta da pasta é capacitar todas as unidades de saúde da Atenção Primária do Estado para identificar e avaliar os usuários com histórico da doença provocada pelo Sars-CoV-2.

Ainda conforme o governo, a reabilitação, cujo protocolo “foi construído por especialistas nas áreas de restabelecimento cardiorrespiratório e musculoesquelético e baseado na literatura científica disponível sobre o tema”, será realizada três vezes por semana, sendo um dia da semana de forma presencial no postinho e outros dois dias no formato virtual. Os pacientes vão passar pelo tratamento durante oito semanas, que serão divididas em duas partes.

“Os resultados do projeto piloto serão avaliados com o intuito de desenvolver melhorias no programa, que deve ser implementado nos demais municípios goianos”, adianta a SES.

Todo conteúdo será repassado para as equipes de Atenção Primária por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), disponibilizado pela Superintendência da Escola de Saúde Goiás (Sesg) da SES.