Confrontos

Confrontos com a PM matam quatro homens em Goiás

Casos aconteceram nesta quinta-feira (14), em Goiânia, Trindade e Catalão


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 15/03/2019 às 16:30:05

Revólver encontrado com o adolescente. (Foto: Divulgação/PM)
Revólver encontrado com o adolescente. (Foto: Divulgação/PM)

Três confrontos entre suspeitos e Policiais Militares (PMs) terminaram com quatro homens mortos nesta quinta-feira (14), em Goiás. As trocas de tiros aconteceram em Goiânia, Trindade e Catalão. Um deles era um adolescente, de 16 anos, que teria roubado R$ 170 em uma sorveteria. Um dos mortos em Catalão, um rapaz de 23 anos, foi identificado apenas pelo primeiro nome.

Na capital, uma equipe em patrulhamento da PM estava nas proximidades do setor Jardim Europa quando um casal, vítima de roubo, pediu socorro. O suspeito, Francisco Belmiro de Lima, de 34 anos, foi encontrado na Vila Canaã em uma bicicleta. Com a troca de tiros, ele entrou em uma região de matagal, onde foi atingido. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Francisco estava com a tornozeleira eletrônica desligada e tinha diversas passagens por roubo, furto, receptação e crime de dano. A ação teve o apoio da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) e Corpo de Bombeiros para o atendimento médico.

Trindade

Um adolescente de 16 anos, identificado como F. R. L. F., morreu após confronto com a PM em Trindade, Região Metropolitana de Goiânia. A corporação afirma que o jovem teria roubado uma sorveteria no bairro. Ele teria fugido em uma bicicleta e levado cerca de R$ 170.   O Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) encontrou um rapaz com as mesmas características descritas pela proprietária do estabelecimento.

Depois de fugir da abordagem, o rapaz foi atingido em uma troca de tiros e faleceu. Com ele, foram encontrados um revólver calibre 38, um celular e o dinheiro do roubo.  Os objetos foram apreendidos e levados para o Instituto de criminalística. A bicicleta do adolescente foi devolvida aos familiares do autor.

 

Revólver encontrado com o adolescente. (Foto: Divulgação/PM)

Catalão

Em Catalão, a PM entrou em confronto com dois homens que estavam em uma residência no Bairro Jardim Estrela e abriram fogo com a chegada dos policiais. Lucas Borges de Oliveira, de 18 anos, e o outro rapaz, identificado apenas como Vítor, natural da cidade de Araguari, foram levados com vida para a Santa Casa de Misericórdia da cidade, mas morreram ainda nesta quinta-feira (14).

A casa onde eles estavam foi apontada por Rhanfer César Cardoso (25) e Guilherme Borges Rocha (24) como esconderijo de armas que eles teriam usado em um assalto no Bairro Ipanema, no último dia 13. A polícia chegou a Rhanfer e Guilherme por meio de denúncia anônima. Mesmo com a tentativa de fuga, eles foram detidos, mas foram liberados logo em seguida.