Prisão e morte

Condenado por estupro morre em menos de 24 horas após ser preso em Anápolis

Direção do presídio disse que detento "ficou ferido após desentendimento com outros detidos". Homem abusou sexualmente de criança em 2011


Fabricio Moretti

Do Mais Goiás | Em: 15/05/2019 às 18:07:34


José foi encontrado morto menos de 24h após ser preso por estupro (Foto: Reprodução/Polícia Civil)
José foi encontrado morto menos de 24h após ser preso por estupro (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

José Roberto Souza da Silva, 42 anos, foi encontrado morto em um presídio de Anápolis, menos de 24h após ser preso. Condenado a nove anos e sete meses, José foi detido pela Polícia Civil na tarde da última terça-feira (14) por ter estuprado uma criança de 10 anos no estado de Mato Grosso em 2011.

Segundo o delegado do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, Vander José Coelho, quando chegaram à cela, o detento estava desacordado. “Foi feita uma perícia, mas não localizaram nenhum objeto que possa indicar homicídio”, informou.

O delegado agora aguarda o resultado do exame cadavérico para saber como lidar com o caso. “É um pouco suspeito como ele morreu, principalmente por sabermos que o indivíduo que comete crimes sexuais, principalmente contra crianças, sofre retaliações na cadeia”, conclui Vander.

A Direção do Centro de Inserção Social (CIS) Monsenhor Luís Ilc em Anápolis, onde José Roberto estava preso, informou por meio de nota que ele “ficou ferido após um desentendimento com outros detidos; ocasião em que recebeu atendimento médico e foi transferido para uma outra cela do presídio”.

Lê-se na nota que “por volta das 19h, os servidores atenderam um chamado vindo do local onde o detento estava e, ao chegarem à cela, encontraram-no desacordado. Uma equipe do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi chamada e constatou o óbito”.

A PC está colhendo depoimentos dos outros presos para ajudar na investigação.