Do Mais Goiás

Com show de Willian, Brasil vence a Venezuela no Castelão

O próximo compromisso do Brasil será diante da Argentina, cuja equipe está pressionada após conquistar apenas um ponto nas duas rodadas disputadas até aqui.

Um gol anotado com menos de um minuto de jogo trouxe a tranquilidade que a Seleção Brasileira precisava para construir uma vitória por 3 a 1 sobre a Venezuela, nesta terça-feira, no estádio Castelão, em Fortaleza. O triunfo trouxe os primeiros três pontos ao time canarinho nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Na rodada de estreia, a equipe decepcionou com uma atuação apagada e perdeu por 2 a 0 para o Chile, em Santiago.

A falta de ímpeto no duelo com os atuais campeões da Copa América fez Dunga trazer algumas novidades para o campo. Alisson substituiu Jefferson no gol, enquanto Filipe Luis entrou na vaga de Marcelo na lateral esquerda. Já Ricardo Oliveira tomou o posto de Hulk no ataque.

Apesar de ter jogado com certa facilidade, a Seleção alternou entre momentos bons e ruins e deixou claro que Neymar faz muita falta para o esquema tático de Dunga. O atacante do Barcelona cumpriu nessa terça-feira a última partida da suspensão aplicada por conta de sua expulsão na fase de grupos da Copa América.

Willian, aos 36 segundos e aos 41 minutos da etapa inicial, e Ricardo Oliveira, aos 28 do segundo tempo, fizeram os gols que garantiram a vitória para o Brasil. Santos, aos 19 do segundo tempo, descontou para os visitantes.

O próximo compromisso do Brasil será diante da Argentina, cuja equipe está pressionada após conquistar apenas um ponto nas duas rodadas disputadas até aqui. O jogo está marcado para o dia 13 de novembro e será realizado na casa dos hermanos. Já a Venezuela tentará se recuperar de sua segunda derrota consecutiva na partida contra a Bolívia. O confronto está agendado para o dia 12 de novembro.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 3 X 1 VENEZUELA

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 13 de outubro de 2015, terça-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Público: 38.970
Renda: R$ 2.722.220,00
Árbitro: Darío Ubriaco (Uruguai)
Assistentes: Carlos Pastorino e Nicolás Taran (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: Douglas Costa (Brasil); Oswaldo Vizcarrondo, Roberto Rosales e Arquímedes Figuera (Venezuela)

GOLS:
BRASIL: Willian, aos 36 segundos e aos 41 minutos do primeiro minuto, e Ricardo Oliveira, aos 28 minutos do segundo tempo
VENEZUELA: Christian Santos, aos 19 minutos do segundo tempo

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Oscar (Lucas Lima), Willian e Douglas Costa (Kaká); Ricardo Oliveira (Hulk). Técnico: Dunga

VENEZUELA: Alain Baroja; Roberto Rosales, Oswaldo Vizcarrondo, Fernando Amorebieta e Gabriel Cíchero; Tomás Rincón, Alejandro Guerra (Arquímedes Figuera), Christian Santos, Luis Seijas (César González) e Ronald Vargas (Jhon Murillo); José Rondón.
Técnico: Noel Sanvicente