Francisco Costa
Do Mais Goiás

Com poucos motivos para comemorar nesta eleição, PSDB de Goiás encolhe

Partido deve vencer em Minaçu e Morrinhos

A derrota de José Eliton e de Marconi Perillo em 2018 deu início a uma fase ruim do PSDB de Goiás que continuou a se manifestar com o resultado das urnas na eleição deste domingo. À medida que avança a apuração dos votos na maioria dos principais municípios do Estado, cristaliza-se a certeza que o partido encolherá um pouco mais este ano.

O partido tem pouco a comemorar. Exceção se faça à surpreendente vitória do agropecuarista Joaquim Guilherme sobre o favorito Tiago Mendonça (DEM), candidato apoiado pelo governador Ronaldo Caiado (DEM); e à eleição do ex-deputado federal Carlos Alberto Leréia para prefeito de Minaçu. O partido está também em boas condições para reeleger Valmir Pedro em Uruaçu.

Embora Marden Júnior, prefeito eleito de Trindade, seja filiado ao Patriota, o trunfo dele é considerado uma boa notícia para o PSDB, já que ele era o candidato apoiado pelo atual prefeito Jânio Darrot, presidente estadual do PSDB.

Em Goiânia e Anápolis, o partido sofreu derrotas fragorosas. . Em Goiânia, com 70,64% das urnas, Talles Barreto ainda não atingiu 1%. Em Anápolis, o ex-prefeito João Gomes marcou 0,73% (57,87% urnas apuradas). O partido perdeu em Novo Gama e Valparaíso.