Futebol

Com Neymar, Brasil tem 10 jogadores concorrendo à seleção do ano da Fifa

Fifa anunciou que os 55 jogadores são de 21 nacionalidades diferentes. Depois do Brasil, os países com mais representantes são França (sete) e Espanha (seis)


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 05/09/2019 às 12:00:43

(Foto: Reprodução/CBF)
(Foto: Reprodução/CBF)

Um dia depois de anunciar as candidatas à primeira seleção do ano no futebol feminino, a Fifa revelou nesta quinta-feira os 55 nomes que concorrem para entrar no FIFA FIFPro Men’s World11 2019, o time da temporada da entidade máxima do futebol em parceria com a FIFPro, que representa os jogadores em nível mundial. Na lista aparecem 10 do Brasil, o país com mais representantes, entre eles o atacante Neymar.

O jogador do Paris Saint-Germain está na relação dos 15 atacantes que concorrem a três vagas na seleção. Junto com ele está Roberto Firmino, do Liverpool. Os outros brasileiros na disputa são os goleiros Alisson e Ederson; os defensores Daniel Alves (lateral-direito), Marcelo (lateral-esquerdo) Alex Sandro (lateral-esquerdo) e Thiago Silva (zagueiro); e os meio-campistas Casemiro (volante) e Arthur (volante).

A Fifa anunciou que os 55 jogadores são de 21 nacionalidades diferentes. Depois do Brasil, os países com mais representantes são França (sete) e Espanha (seis). Entre os clubes, o Barcelona é o que tem mais candidatos: 11 no total. Real Madrid (nove), Manchester City (oito) e Liverpool (sete) aparecem na sequência, com outros 11 times completando a lista com os 20 nomes restantes.

Todas os jogadores serão avaliados com base em suas performances entre 16 de julho de 2018 e 19 de julho deste ano. Atletas e profissionais ligados ao futebol terão direito a voto para formar a “seleção” ideal da temporada. A equipe terá um goleiro, quatro defensores, três meio-campistas e três atacantes.

A lista dos 11 melhores da temporada será divulgada no próximo dia 23, na cerimônia de premiação da Fifa, o The Best, no Teatro alla Scala, em Milão.

Confira a relação dos 55 candidatos à seleção do ano:

Goleiros – Alisson (BRA/Liverpool), David De Gea (ESP/Manchester United), Ederson (BRA/Manchester City), Jan Oblak (ESL/Atlético de Madrid) e Marc-Andre ter Stegen (ALE/Barcelona);

Defensores – Jordi Alba (ESP/Barcelona), Trent Alexander-Arnold (ING/Liverpool), Daniel Alves (BRA/Paris Saint-Germain); João Cancelo (POR/Juventus), Daniel Carvajal (ESP/Real Madrid), Giorgio Chiellini (ITA/Juventus), Matthijs de Ligt (HOL/Ajax), Diego Godin (URU/Atlético de Madrid), Joshua Kimmich (ALE/Bayern de Munique), Kalidou Koulibaly (SEN/Napoli), Aymeric Laporte (FRA/Manchester City), Marcelo (BRA/Real Madrid), Gerard Pique (ESP/Barcelona), Sergio Ramos (ESP/Real Madrid), Andrew Robertson (ESC/Liverpool), Alex Sandro (BRA/Juventus), Thiago Silva (BRA/Paris Saint-Germain), Virgil van Dijk (HOL/Liverpool), Raphael Varane (FRA/Real Madrid) e Kyle Walker (ING/Manchester City);

Meio-campistas – Sergio Busquets (ESP/Barcelona), Casemiro (BRA/Real Madrid), Kevin de Bruyne (BEL/Manchester City), Frenkie de Jong (Hol/Ajax), Christian Eriksen (DIN/Tottenham), Eden Hazard (BEL/Chelsea), N’Golo Kante (FRA/Chelsea), Toni Kroos (ALE/Real Madrid), Arthur (BRA/Barcelona), Luka Modric (CRO/Real Madrid), Paul Pogba (FRA/Manchester United), Ivan Rakitic (CRO/Barcelona), Bernardo Silva (POR/Manchester City), Dusan Tadic (SER/Ajax) e Arturo Vidal (CHI/Barcelona);

Atacantes – Sergio Aguero (ARG/Manchester City), Karim Benzema (FRA/Real Madrid), Cristiano Ronaldo (POR/Juventus), Roberto Firmino (BRA/Liverpool), Antoine Griezmann (FRA/Atlético de Madrid), Son Heungmin (COR/Tottenham), Harry Kane (ING/Tottenham), Robert Lewandowski (POL/Bayern de Munique), Sadio Mane (SEN/Liverpool), Kylian Mbappé (FRA/Paris Saint-Germain), Lionel Messi (ARG/Barcelona), Neymar (BRA/Paris Saint-Germain), Mohamed Salah (EGI/Liverpool), Raheem Sterling (ING/Manchester City) e Luis Suárez (URU/Barcelona).