Natal

Com fluxo de 30 mil passageiros, viajantes denunciam atrasos na Rodoviária de Goiânia

Pessoas que compraram bilhetes de forma antecipada enfrentam atrasos de mais de 2h

Cidades

Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 23/12/2019 às 12:21:17

Com estimativa de 30 mil pessoas na rodoviária de Goiânia nesta segunda-feira (23), passageiros denunciam atrasos nos ônibus. (Foto: Leitor/Mais Goiás)
Com estimativa de 30 mil pessoas na rodoviária de Goiânia nesta segunda-feira (23), passageiros denunciam atrasos nos ônibus. (Foto: Leitor/Mais Goiás)

Passageiros sentados há mais 2h na rodoviária de Goiânia na espera por um ônibus. Filas, bancos lotados, bagagens espalhadas pelo chão, atrasos e diversas reclamações. Este é o cenário encontrado por usuários que desejam viajar da capital para outras localidades na manhã desta segunda-feira (23), às vésperas do Natal. Estimativa é de que cerca de 30 mil pessoas embarquem e desembarquem no terminal durante o feriado.

A passageira Maria Priscila tem como destino, todos os anos, o estado do Maranhão. O bilhete de embarque foi adquirido com 20 dias de antecedência, no entanto, a mulher enfrenta problemas com atraso. A viagem, que estava prevista para as 9h, ainda não ocorreu.

“Cheguei na rodoviária por volta das 7h40 achando que viajaria no horário estabelecido pela empresa, mas não foi isso que aconteceu. A gente pede explicação e eles não falam nada, dizem apenas que vamos embarcar até às 12h. Então para que comprar passagem antecipada, com horário acertado, se não vão conseguir atender?”, criticou.

Segundo a mulher, o atraso vai interferir em toda a programação planejada com a família. “São cerca de 16h de viagem. Comprei a passagem para as 9h para dar tempo de fazer tudo. Agora não sei quando vou embarcar e, consequentemente, quando irei chegar. Vai atrapalhar tudo”, disse.

Mais atrasos

O problema não é exclusivo de Maria. O atraso também afeta o estudante Felipe Ribeiro, que aguarda pela mesma companhia, mas em horário diferente. “Meu embarque era previsto para as 10h, mas não temos nem notícia de onde está o ônibus. É um absurdo. Você paga por um serviço e nem ao menos te dão explicação”.

“Não podemos nem sair do local de embarque para distrair a cabeça porque o ônibus pode chegar a qualquer momento. A empresa deveria calcular que o trânsito na região está pesado e que isso interfere na saída das viagens. Tinha que ter mais planejamento para superar essa questão do trânsito e evitar problemas”, afirmou.

O Mais Goiás procurou a assessoria do terminal rodoviário e foi informado que o problema de atrasos é de responsabilidade das empresas. Os usuários podem registrar os eventuais problemas no site da rodoviária. Este portal de notícias tentou contato com a empresa Real Maia, mas as ligações não foram atendidas.

(Foto: Leitor/Mais Goiás)