ATUALIZAÇÃO

Com 50 novos casos em 24h, Goiás chega a 2.283 confirmações de covid-19

Nenhuma nova morte foi registrada e o Estado ainda continua com 95 óbitos pela doença. Há 17.369 casos suspeitos em investigação


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 23/05/2020 às 15:40:16

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Com 50 novos casos em 24h, Goiás chegou a 2.383 confirmações de covid-19 neste sábado (23). Nenhuma nova morte foi registrada e o Estado ainda continua com 95 óbitos pela doença, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO).

Conforme informações da Pasta, há 17.369 casos suspeitos em investigação e outros 7.219 já foram descartados. Existem 143 amostras no Laboratório Lacen. A secretaria também apura 19 óbitos suspeitos.

Os dados da SES mostram, ainda, que a Covid-19 já chegou a 103 cidades do estado. Outras 110 possuem casos suspeitos. Até o momento, foram registrados óbitos em 32 municípios. Em outros sete existem mortes sendo investigadas.

Faixa etária e gênero

A covid-19 tem infectado mais as pessoas entre 30 e 39 anos. Até o momento foram registrados 598 casos nesta faixa etária. Em segundo lugar estão pessoas com idade entre 40 e 49 anos, com 546 casos.

Por outro lado, as pessoas menos atingidas pela doença têm idade entre 10 a 14 anos, com 34 casos confirmados. Em segundo lugar vem a faixa de 15 a 19 anos, com 46 casos.

Com relação aos óbitos, a faixa etária mais atingida é a de 70 a 79 anos, com 28 mortes. Em seguida vem as pessoas que têm entre 60 e 69 anos, com 22 mortes. As idades nas quais foram registrados menos óbitos são a de 20 a 29 anos (1 caso), de 30 a 39 anos (6 casos) e de 40 a 49 anos (6 registros).

Em Goiás, o coronavírus tem atingido homens e mulheres de forma equilibrada, com 51,2% dos casos confirmados no sexo feminino (1.222) e 48,8% no sexo masculino (1.164). Nas mortes pela covid-19, no entanto, a maioria dos registros são homens (61,1%).

Ainda segundo a SES, 286 dos pacientes diagnosticados com o novo coronavírus apresentaram doença cardiovascular. Os dados mostram, também, 170 possuem diabetes, 105 pessoas têm doença respiratória e 29 possuem imunossupressão.