Eleições 2016

Com 303 ocorrências registradas, saldo desta eleição foi positivo, avalia PM-GO

Maioria dos casos foi por boca de urna. Nenhuma ocorrência de maior gravidade foi registrada




Este domingo de votação (2) foi um dia de tranquilidade para a Polícia Militar de Goiás. Segundo o chefe de comunicação da PM, tenente-coronel Ricardo Mendes, foram registradas 303 ocorrências em todo o Estado, quase todas relacionadas à prática de boca de urna.

“Nesses casos é feito o registro de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e, após as 17h , essas pessoas são liberadas pelo juiz eleitoral local”, afirma o coronel. Em Goiânia, foram 18 conduções, nenhuma delas em flagrante. Desse total, 14 ficaram detidas até as 17h.

O coronel destacou também o reforço no policiamento em todo o estado, especialmente após o atentado ocorrido em Itumbiara na última quarta-feira (28), que resultou na morte do candidato a prefeito José Gomes (PTB). “Todos os locais de votação contavam com a presença de policiais militares. Houve ostensividade não só na capital, mas também em locais onde tivemos um cuidado maior, como por exemplo Itumbiara. O resultado foi que não tivemos nenhuma ocorrência em decorrência do pleito 2016”, ressaltou.

Para o coronel, o saldo dessas eleições é sinal do comprometimento da população com a democracia. “O povo goiano deu um exemplo de democracia e cidadania, com sua segurança garantida pelas forças policiais.”