Apreensão

Com 1,3 tonelada de maconha, caminhoneiro de Goiânia é preso na BR-070, no MT

Veículo partiu do Paraná com destino ao Pará, mas passou a ser monitorado em MS. Droga estava escondida em meio a uma carga de ração


Hugo Oliveira
Do Mais Goiás | Em: 02/12/2018 às 12:03:28

(Foto: divulgação/PM-MT)
(Foto: divulgação/PM-MT)

Um caminhoneiro (43) morador de Goiânia foi preso por tráfico de drogas na BR-070, município de General Carneiro, no Estado do Mato Grosso, na noite de sábado (1/12). Ele conduzia uma carga com 1,3 toneladas de maconha, do Paraná até a cidade de São Félix do Xingu, no Pará. O nome do detido não foi revelado.

De acordo com o tenente Matheus Carolo, da Polícia Militar (PM) de Barra do Garças (MT), a droga foi misturada com ração, na tentativa de confundir as autoridades. “A Polícia Civil do Paraná entrou em contato conosco e passou as características do veículo, que passou a ser monitorado quando estava em dourados (MS). Passando por General Carneiro, foi avistado pela guarnição, que o abordou e prendeu em flagrante”, reforça.

(Foto: divulgação/PM-MT)

Ainda segundo Carolo, durante a entrevista com policiais, o homem revelou ter ficha criminal por furto e que havia deixado a prisão há pouco mais de 30 dias. “Disse residir em Goiânia e que trabalhava como caminhoneiro. Sobre a alegação de passagem por furto, ainda não confirmamos, mas suspeitamos de que ele tenha mais registros criminais”.

O homem e a carga, com 1433 tabletes de maconha, foram levados à delegacia de Barra do Garças, a 60 quilômetros do local da prisão. Ele foi autuado por tráfico de drogas. “Provavelmente, pela quantidade, a droga deve pertencer a alguém importante do mundo do crime e ele deve assumir a culpa sozinho para não sofrer represálias”, pontua.