Goiânia

Colombiana é presa por simular arrastão e criar tumulto na Rua 44, em Goiânia

Colombiana teria quebrado o vidro de uma vitrine para simular tiro, disseram os Guardas Municipais


Jairo Menezes

Do Mais Goiás | Em: 16/12/2017 às 18:50:21


(Foto: GCM)
(Foto: GCM)

Um vídeo enviado ao Mais Goiás mostra o momento da prisão de uma mulher que seria responsável por criar tumulto na região da Rua 44, no Setor Norte Ferroviário, em Goiânia, na tarde deste sábado (16).

Segundo informações da Guarda Civil Metroplitana (GCM), Rayza Geraldin Nunez Montoya, de origem colombiana, faz parte de uma gangue que age na Rua 44.

Em seu depoimento à polícia, ele contou  que quebrou o vidro de uma loja na galeria Mega Moda para simular um disparo de arma de fogo, provocar o tumulto e promover saques.

Nas imagens registradas no vídeo, mostra o momento em que a mulher é detida por Guardas Civis e por seguranças do centro de compras. Logo em seguida, ela foi encaminhada a Central de Flagrantes.

Veja o vídeo:

 

Momento da prisão foi marcado por confusão

Policial disfarçado empunha arma de fogo e se prepara para arrastão: correria