Trânsito

Colisão frontal entre dois carros deixa 7 feridos em Formosa

As vítimas estavam em um Hyundai Veloster e um Jeep Renegade que seguiam pela BR-020 e bateram de frente. O Helicóptero dos bombeiros precisou ser acionado


Kayque Juliano

Do Mais Goiás | Em: 13/04/2019 às 09:23:05


O condutor do Veloster precisou ser socorrido pelo helicóptero dos bombeiros(Foto: Divulgação/ Bombeiros)
O condutor do Veloster precisou ser socorrido pelo helicóptero dos bombeiros(Foto: Divulgação/ Bombeiros)

Um grave acidente entre um Hyundai Veloster e um Jeep Renegade deixou sete pessoas feridas na tarde desta sexta-feira (12), na BR-020, entre os Distritos de Bezerra e JK. Equipes dos bombeiros de Formosa foram acionadas para socorrer os feridos.

De acordo com relatos de testemunhas para a corporação, o acidente aconteceu por volta de 12h15. Os veículos seguiam em sentidos opostos pela rodovia, quando o condutor do Hyundai, com placas de Ribeirão Preto, São Paulo, invadiu a pista contrária e bateu de frente com o Jeep Renegade, com placa de Flores de Goiás.

No Hyundai, além do condutor, de 37 anos, estava a passageira dianteira, de 22. O motorista precisou ser transportado pelo helicóptero dos bombeiros para o Hospital de Base, em Brasília. Ele apresentava múltiplas lesões e fraturas nas pernas. Já a passageira sofreu ferimentos na face e fratura na perna esquerda. Ela foi encaminhada para o Hospital Municipal de Formosa.

No Jeep, haviam cinco ocupantes que sofreram várias lesões, entre eles o condutor, de 30 anos, que estava com contusões no braço direito e nas duas pernas. O passageiro dianteiro também precisou ser atendido com contusões no tórax e no abdômen, além de lesões na face. Nos bancos traseiros estavam uma senhora de 52 anos, uma mulher de 32 e uma criança de quatro anos. Todos os feridos foram encaminhados para o Hospital de Formosa.

O Mais Goiás entrou em contato com o Hospital de Base, no entanto, a unidade informa que não repassa dados de pacientes sem autorização da família. O Hospital de Formosa não passa estado de saúde de pacientes por telefone.

Os veículos das vítimas ficaram sob custódia da Polícia Rodoviária Federal que compareceu ao local.