Do Mais Goiás

Cobras apreendidas ontem não são do Zoológico de Goiânia

Veterinário analiou os animais apreendidos e constatou que eles eram até de espécies diferentes. Investigação sobre o caso permanece sob sigilo

O mistério sobre o sumiço de nove cobras no Zoológico de Goiânia continua. Ontem, a Polícia Militar apreendeu diversos animais silvestres, entre eles 16 cobras, e a expectativa que elas fossem produto do furto.

O veterinário Rafael Cupertino foi até a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) na noite desta quinta-feira (27) para avaliar se os animais apreendidos eram mesmo do Zoológico. “A gente levou o leitor de microchip, pq os animais adultos que foram furtados no zoológio tem o microchip. Foi passado o microchip nelas e foi visto que não eram. Infelizmente não eram”, lamenta.

Ainda segundo Cupertino, apenas uma das cobras era da mesma espécie das que foram roubadas no Zoológico e ela não tinha o microchip.

A investigação sobre o caso permanece sob sigilo. O Mais Goiás também tentou contato com a delegada adjunta da Dema e responsáve pelo caso, Lara Menezes de Melo, mas as ligações não foram atendidas.