TURISMO

Cidade de Goiás terá barreiras sanitárias para evitar entrada de turistas

Controle do acesso ao Centro Histórico funcionará a partir da tarde desta quinta (29) e dura por todo feriado


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 30/04/2020 às 11:24:53

(Foto: divulgação/Cidade de Goiás)
(Foto: divulgação/Cidade de Goiás)

À exemplo do que ocorreu durante o feriado da Semana Santa, a Cidade de Goiás voltará a ter barreiras sanitárias para o Dia do Trabalhador, celebrado no 1º de maio. O decreto assinado na quarta-feira (29) pela prefeita Selma Bastos (PT) instituiu bloqueio nas rodovias entre as 17h desta quinta (30) e 23h de sábado (2).

A ação faz parte das medidas de contenção do coronavírus Sars-Cov-2. Com isso, turistas ficam impedidos de acessar a cidade durante o período de vigência das barreiras e o morador em trânsito, com origem em outro município, terá a temperatura corporal monitorada e dados cadastrais colhidos para acompanhamento por agentes de saúde.

A exceção estabelecida pelo decreto é de entrega de produtos considerados essenciais, como medicamentos, insumos para padarias, mercearias, mercados e supermercados. Há ainda abertura para materiais ligados a serviços de segurança, tratamento e abastecimento de água, transmissão e distribuição de energia, entre outros.

Leitos

A prefeita Selma Bastos afirma que a intenção do decreto é seguir as recomendações dos órgãos de saúde e autoridades sanitárias. Além disso, alega que o município segue à risca o que determina os decretos estaduais de contenção do coronavírus em Goiás. Conforme aponta a prefeita, a ideia é ganhar tempo diante da pandemia, para que assim se evite o colapso do sistema de saúde municipal. 

Com a flexibilização de retomada do comércio ocorrendo em várias cidades do Estado, o receio da administração da Cidade de Goiás é de que houvesse aglomeração de turistas durante o feriado prolongado, gerando a rápida propagação da doença causada pelo coronavírus. 

“Estamos vivendo um momento sem paralelo na história mundial. A cidade de Goiás sempre esteve preparada e de braços abertos para receber bem o turista, que são muito bem-vindos. Isso é passageiro, quando tudo passar a cidade estará novamente de portas e janelas abertas a todos que quiserem nos visitar”, afirma.

Segundo o último boletim, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na quarta-feira (29), a cidade de Goiás possui um caso em investigação e oito descartados de Covid-19. O município não registra nenhum caso confirmado ou mesmo morte.

Comércios

Somente 50 dos 276 feirantes do município têm a autorização para participar da feira-livre, que ocorre aos domingos. Eles foram selecionados a partir de critérios médico-sanitários, que avaliaram idade, produto comercializado e local de moradia. 

Os lojistas continuam seguindo o decreto, com a permissão para que algumas lojas que trabalham com crediário abram a meia porta para recebimento de parcelas. As atividades consideradas essenciais continuam em funcionamento. 

Hotéis, pousadas, restaurantes e outros locais de atividade turísticas como balneários continuam fechados.