BALEADO

Cid Gomes é baleado ao tentar entrar em batalhão da polícia com retroescavadeira

Senador organizava um protesto contra um grupo de policiais que tenta impedir o trabalho da PM. Cid Gomes passa por estabilização em hospital

Brasil

Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 19/02/2020 às 18:39:42

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Na tarde desta quarta-feira (19) o senador Cid Gomes (PDT-CE), irmão de Ciro Gomes, foi baleado enquanto tentava entrar no Batalhão da Polícia Militar de Sobral, no Ceará, com uma retroescavadeira. O político organizava um protesto contra um grupo de policiais que tenta impedir o trabalho da PM. O senador pilotava o equipamento tentando furar o bloqueio feito por PMs.

A assessoria do senador disse que ele havia sido atingido por uma bala de borracha. Contudo, depois informou ainda não ter certeza se o disparo foi com bala de borracha ou com bala de revólver. Segundo a assessoria, Cid Gomes passa por estabilização no Hospital do Coração de Sobral e será transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

“Vocês têm cinco minutos pra pegarem os seus parentes, as suas esposas e seus filhos e sair daqui em paz. Cinco minutos. Nem um a mais”, gritava Cid, utilizando um megafone, antes dos disparos. Durante a confusão no Batalhão da Polícia Militar, foram disparados tiros na direção de Cid Gomes. O veículo utilizado pelo senador teve os vidros quebrados.

O governador do CearáCamilo Santana (PT) anunciou nesta quarta ter solicitado ao governo Jair Bolsonaro o apoio de tropas para reforçar a segurança no Estado, após quatro batalhões da Polícia Militar serem atacados. Os ataques foram feitos por pessoas encapuzadas, mas há suspeita de que os responsáveis sejam policiais.

*Com informações do G1 e Estadão