Do Mais Goiás

Ciclista morre após ser atropelado por motocicleta na BR-060, em Anápolis

Trecho da rodovia não possui iluminação adequada e vítima tentava atravessar a pista quando morreu

Ciclista morre após ser atropelado por motocicleta na BR-060, em Anápolis (Foto: Divulgação/PRF)

Um ciclista de 48 anos morreu após ser atropelado por uma motocicleta, na noite da terça-feira (15), no Km 95 da BR-060, em Anápolis.  A Polícia Rodoviária Federal (PRF) revelou ainda que, durante o acidente, um carro não conseguiu frear e colidiu contra o motociclista e uma passageira que já estavam ao chão.

Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o ciclista morreu no local. Já o motociclista se feriu e foi encaminhado ao Hospital Estadual de Urgência de Anápolis (Huana). A mulher que estava na garupa da motocicleta foi atendida pela concessionária que administra a rodovia. O motorista do carro, de 45 anos, não ficou ferido

Trecho da rodovia não possui iluminação adequada e o ciclista tentava atravessar a pista quando foi atingido (Foto: Divulgação/PRF)

De acordo com a PRF, o trecho da rodovia não possui iluminação adequada e o ciclista tentava atravessar a pista quando foi atingido. Os envolvidos devem ser ouvidos posteriormente na Polícia Civil. A reportagem entrou em contato com a Triunfo Concebra, responsável pelo trecho da BR-060, a fim de saber qual o estado de saúde da garupa e se a iluminação da rodovia está adequada e aguarda retorno.

Por não ter a identidade divulgada, o Mais Goiás não localizou o estado de saúde atualizado do motociclista e da garupa. Policiais rodoviários não confirmaram se o condutor do carro e o motociclista realizaram o teste do bafômetro, a fim de descartar outras irregularidades.

Últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas foram registrados outros três acidentes nas rodovias federais que cortam o estado de Goiás, que deixaram duas pessoas feridas. Dados são de um boletim emitido pela PRF. Os agentes ainda fiscalizaram 776 veículos e 488 pessoas que transitaram pelas rodovias federais goianas.

Ainda segundo o boletim, durante a fiscalização, foram realizadas 589 autuações de infrações de trânsito, sendo que dessas anotações, 33 foram flagrantes de condutores ou passageiros que não usavam o cinto de segurança, 134 de motoristas realizando ultrapassagens em locais proibidos e oito condutores foram autuados por utilizarem celular na direção.