Do Mais Goiás

Chorão: 7 anos sem o ex-Charlie Brown Jr

Cantor faleceu após uma overdose de cocaína em 2013

Chorão: 7 anos sem o ex-Charlie Brown Jr.
Chorão: 7 anos sem o ex-Charlie Brown Jr.

Há exatos sete anos o rock nacional perdia um grande ídolo: Chorão. Alexandre Magno Abrão, mais conhecido por seu nome artístico, era vocalista da banda Charlie Brown Jr., que até hoje coleciona milhares de fãs em todo o país.

Nesta sexta-feira (6), o assunto foi um dos mais comentados das redes sociais, que se encheram de músicas, clipes, fotos e mensagens de fãs e amigos do cantor, compositor, skatista, cineasta, roteirista e empresário.

A banda de rock santista Charlie Brown Jr. foi formada em 1992 e alcançou sucesso nacional em 1997. O repertório ficou imortalizado na voz de Chorão, eternizando hits como Zóio de Lula, Céu Azul, Dias de Luta, Dias de Glória, Só os Loucos Sabem, Proibida Pra Mim (no way!), Tamo Aí na Atividade, Tudo que Ela Gosta de Escutar, Não é Sério e Me Encontra.

Relembre Te Levar Daqui, do Charlie Brown Jr, na voz de Chorão:

A morte

Na madrugada do dia 6 de março de 2013, Kleber Atalla, motorista de Chorão, encontrou o corpo do patrão no apartamento que morava, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. O imóvel estava repleto de garrafas de bebidas vazias, embalagens de remédio e sangue.

O laudo necroscópico confirmou que Chorão morreu após overdose de cocaína.

Segundo o delegado responsável pelo caso, o corpo já foi encontrado com início de processo de decomposição. Logo, a polícia acredita que a morte pode ter acontecido entre os dias 4 e 5.

Chorão morreu aos 42 anos.

“Mas se for pra falar de algo bom, eu sempre vou lembrar de você!”