Do Mais Goiás

Choque entre massas de ar deixa céu nublado em Goiânia

A partir da semana que vem volta a fazer calor e a umidade relativa do ar cai

O goianiense se assustou neste domingo (21) com uma tempestade e poeira e fuligem que atingiu a cidade no final da tarde. A ventania repentina tem uma explicação. De acordo com a chefe do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Elizabete Alves Ferreira, o fenômeno é comum nesta época do ano por causa do contraste de massas de ar quente e fria que passam pelo Estado.

As rajadas de vento levantam grande quantidade de poeira, fumaça e fuligem, que se espalham pela cidade. “A suspensão de poluentes é típica de umidades baixas”, explica Elizabete. A frente fria que está de passagem por Goiás não foi suficiente para provocar chuvas, mas melhorou bastante a umidade do ar. O índice nesta segunda-feira (21) é de 37%.

Na semana passada a umidade estava em torno dos 15%, quando o ideal para a saúde humana é entre 40% e 70%. No domingo, cidades do sudoeste goiano, como Jataí, São Simão e Rio Verde tiveram chuva rápida.

Nesta segunda-feira, Goiânia amanheceu nublada. “Essa nebulosidade é consequência da passagem da massa de ar frio, amanhã as temperaturas podem aumentar”, esclarece a chefe do Inmet. Para os goianienses, a notícia não é boa, a previsão é que só chova a partir da segunda quinzena de setembro.

Como estamos em um período de transição meteorológica, Elizabete afirma que pode haver chuvas antes do previsto, mas não é possível dizer quando. A capital está sem chuvas há 90 dias. Nesse número, estão computadas apenas as chuvas distribuídas, ou seja, que aconteceram em toda a cidade, não apenas em algumas regiões. Chuvas isoladas foram registradas pela última vez dia 1° de junho.

Nesta segunda-feira, a temperatura máxima registrada foi de 29ºC. Na próxima semana, a expectativa é que a temperatura aumente e a umidade relativa do ar volte a ficar baixa. Na terça-feira (22), o dia também deve amanhecer nublado com períodos de céu encoberto. Não há previsão de ventanias como a registrada no domingo.

 

Amanda Sales é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lôbo.