Centro de Referência de Goiânia está temporariamente fechado: usuários e serviços serão remanejados

SMS afirmou que outras unidades de saúde receberão os pacientes até que novo prédio fique pronto. Prazo é de 30 dias


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 09/11/2018 às 22:59:54

Centro de Referência está vazio desde de a tarde de sexta (09). (Foto: Reprodução)
Centro de Referência está vazio desde de a tarde de sexta (09). (Foto: Reprodução)

O Centro de Referência de Diagnóstico Terapêutico de Goiânia (CRDT) não funcionará mais em seu local atual. A partir de segunda-feira (12) os funcionários e pacientes serão transferidos para outras unidades da rede municipal de saúde da capital. Os novos locais ainda não estão confirmados.

A notícia pegou os trabalhadores de surpresa. De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores(as) do Sistema Único de Saúde no Estado de Goiás (Sindsaúde/GO), Flaviane Alves Barbosa, até agora nem servidores nem usuários sabem pra onde ir.

“Os funcionários foram avisados hoje de manhã. A Secretaria Municipal de Saúde disse que na segunda-feira alguém do RH irá até o CRDT para informar para onde os trabalhadores irão”, comunicou Flaviane.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia disse que os pacientes serão provisoriamente remanejados até que o novo prédio da unidade, localizado no Setor Sul da capital, seja reformado. As obras serão concluídas em um prazo de 30 dias.

A secretaria afirmou também que funcionários ficarão no CRDT para orientar os usuários e que o telefone do Distrito Sanitário Campinas/Centro também está disponível para esclarecimento de dúvidas: (62) 3524 8740. Confira a nota da SMS, na íntegra, no final da matéria.

Mudança repentina

A nota da SMS esclarece que “a mudança de endereço deve-se à solicitação de liberação da área pelo proprietário do terreno”. A área, de acordo com a assessoria da Secretaria, pertence ao Governo do Estado.

A presidente do SindSaúde-GO estranhou a mudança repentina. “A primeira notícia que tivemos sobre isso tem uns quatro meses [sic]. No dia 31 de outubro, a representação da prefeitura no Conselho Municipal de Saúde nos informou que o CRDT seria transferido para um prédio na avenida 87, no Setor Sul. A nova sede ainda está em reforma. Porque tem que mudar agora?”.

Flaviane finalizou lamentando a falta de planejamento para fazer a mudança. “Mudar o CRDT para um local de difícil acesso é ruim. Mas pior ainda é fazer sem planejamento e esparramar os trabalhadores e pacientes em várias unidades diferentes. Até que o novo prédio fique pronto o usuário terá que fazer a consulta em um lugar, o exame em outro e pegar o remédio em outro”, concluiu.

Até o fechamento da matéria, nem a assessoria do Governo do Estado nem a assessoria da Secretaria Estadual de Gestão e Planejamento (Segplan), responderam ao Mais Goiás sobre o motivo da solicitação do terreno, bem como o prazo para a sua desocupação.

Confira nota da SMS

“A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia informa que os serviços e atendimentos prestados no Centro de Referência de Diagnóstico Terapêutico (CRDT), localizado no setor Norte Ferroviário, foram remanejados provisoriamente para outras unidades da rede de saúde da SMS.  Os pacientes atendidos no CRDT já estão sendo informados e orientados sobre a mudança e em quais unidades irão receber o atendimento. 

Além disso, funcionários estarão na unidade para orientar e encaminhar o cidadão que ainda procurar o serviço no setor Norte Ferroviário. O telefone do Distrito Sanitário Campinas/Centro também estará disponível: (62) 3524 87 40.

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que os pacientes do CRDT não ficarão sem atendimento, apenas terão o atendimento transferido para outro local. A mudança de endereço deve-se à solicitação de liberação da área pelo proprietário do terreno e permanece até que a nova sede do CRDT, localizada no setor Sul, seja concluída para receber todos os serviços prestados pelo CRDT. A previsão de conclusão da obra é de cerca de 30 dias.”