Do Mais Goiás

Centro Cultural UFG apresenta espetáculo Por Cima do Mar Eu Vim

Peça será encenada nesta quinta-feira, às 20h

A peça cênica-musical realizada pelo Núcleo Coletivo 22, Por Cima do Mar Eu Vim, será apresentada nesta quinta-feira, às 20h, no teatro do Centro Cultural da Universidade Federal de Goiás (UFG). Os ingressos podem ser comprados no local por R$20 a inteira e R$10 a meia entrada. 

A Kalunga Grande é utilizada como metáfora de mar, explicando a travessia de africanos escravizados a caminho do Brasil, e sua permanência forçada no País. A peça conta a história da Rainha Nzinga Mbandi e das figuras arquetípicas da cultura afro-brasileira. A direção é de Renata Lima, com dramaturgia e pesquisa musical de Leandro Medina.

“Por cima do mar eu vim. Atravessei a Kalunga Grande como quem encara a própria morte e aqui cheguei. Na travessia, pude pressentir todo mal que ainda estava por vir. Com a alma retorcida, chorei e rezei baixinho pra não acordar meu desespero, mas não teve jeito. De tanto chorar e rezar, minhas lágrimas e preces se fundiram em um único canto”, diz o texto.

“E quando eu cantei deu um balanço no mar que reverberou no meu corpo por anos, séculos até. Nessa terra aqui plantei meu sangue e meu suor e dela brotou quilombos, batuques, terreiros, samba, capoeira e outras quizombas. Pouco antes de partir, Nzinga Mbandi, a rainha que sabia fazer chover, me abençoou. Disse que eu sentiria medo, mas me recomendou coragem. Aqui estou pra contar nossa história”. É assim que se apresenta a peça, interpretada por Diego Amaral, Flávia Honorato, Lorena Fonte e Vinícius Bolivar.

O Centro Cultural UFG localiza-se na Avenida Universitária, no Setor Leste Universitário.