Cultura

Centro Cultural Oscar Niemeyer anuncia Orquestra Filarmônica 2019 e Cineclube

Orquestra realizará primeiro concerto do ano no dia 28 de março. No dia 21, um clube de cinema terá início no local


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 07/03/2019 às 18:04:02

Centro Cultural Oscar Niemeyer apresenta Orquesta Filarmônica e clube de cinema (Foto: Divulgação)
Centro Cultural Oscar Niemeyer apresenta Orquesta Filarmônica e clube de cinema (Foto: Divulgação)

A Orquestra Filarmônica de Goiás realizará o primeiro concerto de sua temporada 2019 no próximo dia 28 de março às 20h30, no Palácio da Música, localizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer. O concerto tem como meta, consolidar o local como um espaço para democratização das artes e da cultura.

A regência será do Diretor Artístico da instituição, Neil Thomson, e no concerto serão apresentadas a Sinfonia n.1 de Haydn, Rei Cristian II (suíte) de Sibelius e a Sinfonia n.2 de Bruckner.

Neil Thomson destaca que 2019 promete grandes conquistas para a Filarmônica de Goiás. “A orquestra desfrutou de um período de crescimento artístico nos últimos anos e, em 2019, vamos conquistar novas fronteiras. Nossa instituição tem a reputação de ser a orquestra “indie” do Brasil, um grupo inovador no repertório, na apresentação e no estilo”.

Em 2019, o objetivo da Filarmônica é proporcionar concertos que permitam a interação da plateia com os músicos a exemplo do que foi realizado em dezembro de 2018, na apresentação “Dos cânions às estrelas” em que a orquestra se apresentou no formato 360º.

A grande novidade deste ano é a estreia das séries “Chega Mais” e “Ecos”. A Filarmônica também realizará Concertos Didáticos e Concertos Acadêmicos, além de apresentações em diversas cidades do interior do Estado.

Cineclube

No dia 21 de março, às 20h, o Centro Cultural Oscar Niemeyer dará início ao Cineclube do CCON. Serão apresentados filmes que não integram o circuito comercial, e o público poderá participar da escolha das produções por meio de enquetes nas redes sociais.

As sessões ocorrerão uma vez por mês no Monumento aos Direitos Humanos. Ao final da exibição, haverá roda de conversa entre os participantes e especialistas convidados. A participação é gratuita.