Saúde

Celular na academia ‘anula’ efeito dos exercícios no corpo, aponta pesquisa

Uso de aparelho causa distração e menor rendimento, além de risco de acidentes





//

Pense bem antes de checar mensagens no celular entre uma série e outra na musculação, ou de fazer ligações enquanto anda na esteira: você pode estar pagando academia à toa. Segundo uma pesquisa norte-americana, estes hábitos prejudicam os resultados dos exercícios no corpo. Sem falar no risco de sofrer lesões e acidentes.

Se for para usar o smartphone durante a atividade, que seja apenas para ouvir música — a pesquisa mostra que este comportamento promove maior estímulo e, portanto, aumenta a queima de calorias e o ritmo do coração.

No levantamento da Universidade de Kent, os cientistas avaliaram 44 estudantes, com média de 22 anos, em quatro sessões de meia hora na esteira. Em cada sessão, os pesquisadores fizeram os voluntários usarem uma função dos aparelhos: música, conversa ou mensagens. Houve ainda uma sessão em que os telefones ficaram desligados, para que os resultados servissem como base.

Quando os jovens só ouviam música durante a atividade, a velocidade das passadas e a frequência cardíaca deles cresciam — o que propicia condicionamento físico, emagrecimento e outros efeitos benéficos para o corpo.

Quando os estudantes faziam ligações para outras pessoas durante a caminhada na esteira, a frequência cardíaca não se alterava muito, mas a velocidade dos passos diminuía. Já quando mandavam mensagens, tiveram o pior resultado. Além de não terem mais prazer na atividade física, apresentaram queda no ritmo cardíaco e na velocidade do exercício. (O Dia)

Tópicos