Futebol

CBF define possíveis datas para início das Séries A e B do Brasileiro

Campeonato da primeira divisão pode começar em 9 de agosto; já a Série B, um dia antes


Agência O Globo
Agência O Globo
Do Agência O Globo | Em: 26/06/2020 às 09:28:09

(Foto: Reprodução/Flamengo)
(Foto: Reprodução/Flamengo)

O Campeonato Brasileiro pode ter início no dia 9 de agosto. O anúncio foi feito pela CBF após reunião com a Comissão nacional de Clubes (CBC). Também ficou definida uma data para a possível volta da Série B. Seria um dia antes, em 8 de agosto.

As datas nasceram após reunião com os 40 clubes das duas primeiras divisões. O maior entrave para a realização do torneio é a liberação das autoridades de saúde, já que a realização de eventos esportivos depende do aval de cada município e governo estadual onde o estádio está localizado. Mas a maioria dos clubes da Série A se dispuseram a jogar fora de suas cidades caso, até lá, não haja a permissão.

Dos 20 clubes participantes, 19 concordaram com a medida. O Athletico Paranaense foi o único a se posicionar de forma contrária.

O desejo da CBF seria iniciar o Brasileiro após o término dos Estaduais. Mas nada impede que ocorram competições de forma concomitante, pois a entidade não tem controle sobre o retorno dos torneios locais.

Confira o comunicado na íntegra:

O campeonato Brasileiro da Série A poderá retornar no dia 9 de agosto, domingo. A Série B tem data prevista de recomeço para 8 de agosto.

A decisão foi tomada na noite desta quinta-feira, em reunião convocada pela CBF junto com a Comissão Nacional de Clubes (CNC) com a participação dos 40 clubes disputantes duas séries.

As datas básicas e o cronograma de retorno foram propostos pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, e apoiadas pelos clubes.

O retorno do futebol depende da autorização das autoridades de saúde. Mas, dezenove dos vinte clubes da Série A se dispuseram a jogar fora das suas cidades, em última instância, caso até lá seus municípios não estejam liberados pelas autoridades de saúde a realizar jogos. Foi um sinal de apoio à realização da competição pela CBF.