BALANÇO SEMANAL

Casos de coronavírus em Goiás aumentam 51% em uma semana

Em Anápolis o aumento foi de 107%. Casos no entorno do DF crescem acima da média estadual


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 22/05/2020 às 13:19:25

(Imagem: Niame Loiola/Mais Goiás)
(Imagem: Niame Loiola/Mais Goiás)

Em uma semana, o Estado de Goiás registrou 732 novos casos de coronavírus, de acordo com dados fornecidos pela Secretaria de Estado de Saúde (SES)*. O número de confirmações saiu de 1.423, no dia 14 de maio, para 2.155 nesta quinta (21).  O crescimento no período foi de 51,44%.

Os dados mostram também que a velocidade de infecções pelo vírus está aumentando com o tempo. O primeiro levantamento semanal feito pelo Mais Goiás analisou os números entre os dias 30 de abril e 7 de maio e constatou um aumento de 31,49%. No levantamento seguinte, feito entre os dias 7 e 14 de maio, o crescimento foi de 39,24%.

Já o número de óbitos tem aumentado em menor velocidade. Em uma semana, foram registradas 21 mortes no Estado, o que representa um aumento de 32,81%. O último levantamento mostrou uma alta de 45,45%. Esse fator reduziu a taxa de letalidade da doença de 4,49% para 3,94%. O número total de mortos pela Covid-19 até às 16 horas de quinta (21) foi de 85.

O aumento do número de casos no Estado está proporcionalmente muito próximo do cenário nacional. No Brasil, o aumento foi de 52,81% entre os dias 14 e 21 de maio. A diferença no crescimento entre Goiás e o país é de 1,37%. Na semana passada a diferença era de 10,95%.

Com relação aos óbitos, entretanto, Goiás continua registrando aumentos abaixo da média nacional. Em todo o país, o número de mortos saiu de 13.993 para 20.047 em uma semana, um aumento de 43,26%. A diferença de crescimento de mortes entre o Estado e o Brasil é de 10,45%. Na semana passada era de 7,54%.

Anápolis registra aumento de 107%

Entre os três maiores municípios goianos, a cidade de Anápolis apresentou o maior aumento. O número de casos confirmados saltou de 53 para 110 em uma semana, um crescimento de 107,54%. Entretanto, a cidade não registrou nenhum óbito no período.

Em Aparecida de Goiânia o número de casos saiu de 139 para 207, o que representa um aumento de 48,92%. No período foram registrados dois novos óbitos e o total na cidade chegou a 8 mortes.

Já na capital o aumento foi proporcionalmente menor, embora ela permaneça como o epicentro da doença no Estado. Os casos confirmados saíram de 751 para 1.049, um aumento de 36,91%. Goiânia concentra 48,67% dos casos de Goiás. Foram registradas seis mortes no período e o total acumulado agora é de 36 óbitos pela Covid-19.

Coronavírus no entorno do DF

Nas cidades que compõem o entorno de Brasilía, o número de casos continua a crescer acima da média do Estado e do país. O número total de casos chegou a 272, um aumento de 66,87% com relação à semana passada. Além disso, 12 das 19 cidades que compõe a microrregião já possuem casos confirmados da doença. O número de óbitos também aumentou. Foram cinco novas mortes em uma semana e o total agora é de 14.

O município com o maior número de casos de coronavírus continua a ser Valparaíso de Goiás. Lá as confirmações chegaram a 75, com crescimento de 56,25% no período. Até o momento, foram registradas duas mortes na cidade.

Pior isolamento social do país

Goiás continua com o pior isolamento social do país, segundo informações do grupo Inloco. O índice chegou a aumentar ao longo da semana, atingindo 45,9% no dia 17 de maio. Entretanto, nesta quarta-feira (20) ele desceu para 36,6%, o pior registrado no mês. A média nacional é de 41,7% e o recomendado pelas autoridades de saúde é de 70%.


*Os dados foram colhidos no painel digital da SES ao longo da semana. Como as informações são atualizadas a cada 30 minutos, a reportagem coletou os números, dia a dia, às 16 horas. Os dados do governo do estado podem divergir das informações divulgadas pelas prefeituras de cada cidade.