Crimes contra mulheres

Caseiro mata mulher estrangulada em fazenda do cantor Amado Batista

O crime aconteceu na noite desta quinta-feira

Cidades




//

Uma mulher de 30 anos foi morta dentro da fazenda do cantor Amado Batista, que fica localizada no km 128, da BR 060, em Terezópolis de Goiás, na noite desta quinta-feira (19/03).

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um advogado procurou o posto da PRF pedindo que os policiais o acompanhassem até a fazenda, pois possuía informações que um dos caseiros da fazenda teria matado a própria esposa.

Ao chegarem no local, os policiais conversaram com outro homem que trabalha na fazenda e este lhes informou que o dito caseiro teria informado a ele, horas antes, que teria brigado com sua esposa, a matado, e jogado o corpo em um matagal, tendo-lhe pedido ajuda para sumir com o corpo.  Por ser pai de família e não conhecer bem o outro caseiro, não concordou com a ação e acionou o advogado.

Os policiais se dirigiram até a casa do caseiro Júnior Gomes de Oliveira Rocha, de 32 anos, e, em conversa com ele, perceberam que a mulher realmente não se encontrava na casa.  O caseiro, inicialmente, não confessou o crime, informando aos policiais que a mulher teria viajado para o Tocantis, dentre outras histórias.

Ao realizarem uma varredura pela casa, os policiais encontraram roupas, pertences e a bolsa da mulher, com todos seus documentos pessoais dentro do quarto do casal. O caseiro foi levado para o 1º Distrito Policial de Anápolis, onde confessou o crime.

Em seu depoimento, ele contou que teria ingerido bebida alcoólica durante a tarde com a esposa, e que, devido a uma discussão, teria a estrangulado e jogado o corpo em um matagal próximo ao local onde fica a casa.

O corpo de Josania Agostinho da Rocha, de 30 anos, foi encontrado no início da manhã desta sexta-feira (20/03).

De acordo com a PRF, o homem trabalhava na fazenda há seis meses e era casado com a vítima há seis anos.

O homem está preso em Anápolis, mas será encaminhado para a Delegacia de Goianápolis.