Tentativa de homicídio

Caseiro é suspeito de esfaquear a patroa que o impediu de enforcar esposa

Polícia, agora, está em busca do paradeiro tanto de Juscelino quanto de sua esposa, que também não foi encontrada no local do crime


Ton Paulo
Do Mais Goiás | Em: 23/10/2020 às 18:13:01

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Goiás ainda busca o paradeiro de um caseiro de 53 anos suspeito de ter esfaqueado sua patroa, Maria Cardoso, de 56, após ela intervir numa briga entre o homem e a esposa, no município de Luziânia. O caseiro, identificado como Juscelino Xavier da Silva, teria tentado enforcar sua mulher e, ao ser impedido por Maria, desferiu 8 golpes de faca contra ela.

O caso aconteceu no último domingo, dia 18 de outubro, em uma chácara de Luziânia. De acordo com o relato da Polícia Civil, Juscelino, que é caseiro da chácara, estava discutindo com a esposa e ao perceber a discussão, Maria, a patroa de Juscelino, foi até onde o casal estava.

Em um dado momento da discussão, ainda conforme o relato policial, o caseiro tentou enforcar a esposa, mas foi impedido por Maria. Furioso, Juscelino se voltou contra a patroa e, munido de uma faca, golpeou a vítima 7 vezes na barriga e uma no braço.

Maria foi socorrida e levada para o Hospital Regional do Gama (HRG), onde ainda está internada em estado grave. Após o ocorrido, Juscelino fugiu do local.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Felipe Guerrieri, a Polícia Civil está em busca do paradeiro tanto de Juscelino quanto de sua esposa, que também não foi encontrada no local do crime.

“A gente não inquiriu a vítima até o momento, porque ela continua hospitalizada. Mas já estão sendo ouvidas outras pessoas e em breve a gente deve ter uma posição”, conclui o delegado.