Do Mais Goiás

Caseiro é preso pouco antes de vender 47 cabeças de gado apropriadas, em Aporé

Animais pertencem a proprietário da fazenda onde o homem trabalhava, mas estavam sendo vendidas como se o caseiro fosse o dono

Um homem, de 49 anos, foi preso pela Companhia de Policiamento Especializado (CPE), nesta terça-feira (13), por estelionato e apropriação indébita de 47 cabeças de gado da propriedade na qual trabalhava como caseiro, na região de Aporé, Sudoeste goiano. Compradores estão sendo investigados.

Segundo o tenente Robson, da CPE, a polícia foi informada através do disk denúncia e uma equipe foi enviada para averiguação do caso. Ao chegarem no local identificaram o caminhão com os animais.

“A priori negaram, mas ao entrevistar e questionar o caseiro ele assumiu que a venda não possuía a autorização dos proprietários”, explica o tenente.

De acordo com a CPE, o caminhão estava carregado com 44 novilhas e 3 vacas. Dois compradores e um homem identificado como corretor também estavam no local. Os compradores estão sendo investigados por envolvimento no crime.

Os animais foram devolvidos aos donos. Já o caseiro, foi preso preventivamente pelos mencionados crimes.