Ousadia

Casal é preso com tênis falsificados, munições e por tentativa de suborno a policiais, em Goiânia

Caso aconteceu no Setor Tropical Ville. Para evitar a ser preso, o homem ofereceu todo o dinheiro apreendido e uma caminhonete


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 18/05/2019 às 12:31:37

Casal ainda tentou subornar os policiais (Foto: Divulgação/ PM)
Casal ainda tentou subornar os policiais (Foto: Divulgação/ PM)

Um casal foi preso com mais de 100 pares de tênis falsificados e várias munições de calibre 12 no Setor Tropical Ville, região Oeste de Goiânia, na noite desta sexta-feira (17). Para tentar evitar a prisão, o homem ainda tentou subornar os policiais ao oferecer dinheiro e um caminhonete.

De acordo com a Polícia Militar (PM), policiais faziam ronda no setor quando avistaram uma Ford Ranger em atitude suspeita. Ao ver os policiais, Francisco Canindé Fernandes e Patrícia da Silva Sá tentaram fugir, mas foram alcançados.

Durante revista no veículo, os policiais encontraram R$ 1.030,00 e duas porções de maconha. O casal confessou que na residência teria mais dinheiro e munições. Na casa deles, os policiais apreenderam 74 munições calibre 12, 121 pares de tênis falsificados e R$ 4.130,00 em espécie.

Para não serem presos, o homem ofereceu aos policiais todo o dinheiro encontrado e a caminhonete. A ação foi gravada em áudio. Confira todo o diálogo abaixo:

Francisco: O que o senhor faz por mim? Eu tenho a caminhonete e esse trem aqui: o dinheiro.
Policial: A caminhonete vale quanto?
Francisco: Se vender barato, uns R$ 30 [mil]. Eu recebi em branco, passo pra vocês e pode ficar de boa. Ajudar a gente aí. E eu paro com esses trem e sumo no mundo.
Policial: Vai parar e sumir no mundo?
Francisco: Eu te prometo, por Deus.
Policial: E quanto tem de dinheiro?
Francisco: Aqui tem R$4 [mil e 600 e lá tem mil real [sic]
Policial: O senhor está preso por corrupção ativa, também. Além de falsificação desse material e tráfico de drogas, corrupção ativa também. O senhor ‘tá pensando o que da Polícia Militar do Estado de Goiás?
Francisco: Eu sei que ela é honesta.
Policial: Está pensando o que d’a gente? [sic]
Francisco: Nada. Desculpa.
Policial: -Está preso, também, por corrupção ativa. Estou dando voz de prisão. Entendido?
Francisco: -Entendido

De acordo com a corporação, Francisco e Patrícia não tinham antecedentes criminais. O casal e todo o material apreendido foram encaminhado para a Central de Flagrantes.

Produtos apreendidos pela corporação (Foto: Divulgação/PM)