Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás

Carreata “Fora Bolsonaro” percorre 15 bairros de Goiânia neste domingo (21)

Organização pede a renúncia do presidente, a volta do auxílio emergencial e a vacinação em massa da população

Carreata "Fora Bolsonaro" percorrerá 25 bairros de Goiânia neste domingo (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

Uma carreata percorre 15 bairros de Goiânia neste domingo (21) para pedir a renúncia do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) do governo. A concentração ocorre na Praça Universitária, no Setor Universitário, com a expectativa de que ao menos 200 veículos componham o movimento durante o trajeto. Manifestantes também pedem a volta do auxílio emergencial e a vacinação em massa da população contra covid-19.

O protesto é realizado pela união de 30 sindicados que fazem parte do Fórum Goiano em Defesa dos Direitos, da Democracia e Soberania. Outras 20 entidades ligadas a movimentos sociais também estão envolvidas, todas vinculadas ao Fórum Nacional das Entidades dos Servidores Públicos Federais. 

A manifestação percorrerá 25 quilômetros de ruas da cidade e passará pelas feiras do Leste Vila Nova, Marreta, Urias Magalhães, Balneário, Jardim Curitiba e com encerramento no Jardim Nova Esperança. A organização afirma que todos estarão dentro dos veículos e participantes seguirão todos os protocolos de segurança em saúde.

Carro sendo plotado para pedir a vacinação da população (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

Reivindicações

A assessora de assuntos institucionais do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato), Maria Angélica, de 24 anos, relata que as pautas levantadas são de extrema importância e que foram desmitificadas no governo que ela classifica como “genocida”.

“A vacinação se faz necessária para ter a retomada da economia, mas a gente vê que o governo luta apenas por pregar o negacionismo. Para se ter uma ideia, o governo não tem um plano para retomada de trabalhos e o auxilio se faz  importante para evitar que mais de 70 milhões de brasileiros fiquem na extrema pobreza”, afirma.

Maria Angélica aponta ainda que o protesto tem como objetivo atingir a todos com o uso da “verdade”. “O governo Bolsonaro faz utilização das fakes news para se promover. São ações tipicamente nazistas e a gente tentará conversar as pessoas mostrando os fatos como eles realmente são. É impossível defender o Bolsonaro quando se conhece a verdade.”, finaliza.

 

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal www.EMAISGOIAS.com.br pelo WhatsApp (62) 98272-3896 ou entre em contato pelo (62) 3259-6500