Bang ShowBiz

Carol Castro teve que dançar e cantar chorando durante teste para ‘Velho Chico’

Atriz conta que mesmo com 13 anos de carreira precisou fazer teste para a personagem Iolanda

Carol Castro precisou cantar e dançar ao mesmo tempo que chorava durante o teste que fez para interpretar a fogosa Iolanda de ‘Velho Chico’.

De acordo com a atriz, seus 13 de anos de profissão, que englobam nove novelas no currículo, não foram suficientes para o diretor-geral da trama, Luiz Fernando Carvalho, lhe aprovar diretamente. “Não foi um teste normal por ser com o Luiz Fernando. Tinha um jogo de sombras, tinha de dançar e cantar chorando”, disse a atriz em entrevista ao site ‘Notícias da TV’.

Mas o que de fato ajudou o diretor na decisão final foi o fato de Carol ter começado a fazer aulas de canto há cerca de um ano. Na novela, sua personagem é uma cantora de bar. “Impressionante como a música está chegando na minha vida. Calhou de acontecer”, disse.

Além disso, a atriz revela que trabalhar com a equipe de ‘Velho Chico’ está sendo um divisor de águas na sua carreira.

“Esse é um momento especial. Estou realizando o sonho de trabalhar com o Luiz Fernando e com Benedito Ruy Barbosa. Ser dirigida pelo Luiz Fernando é como dançar com o invisível. Ele vai colocando você no lugar e falando a coisa certa para você chegar naquele estado”, comenta.

Na trama, Iolanda se apaixona por Afrânio, personagem de Rodrigo Santoro. No entanto, depois de uma noite de amor ela percebe que ele não voltará mais.

Com o passar do tempo, a cantora descobrirá que Afrânio está casado no interior de Bahia e só lhe encontrará 17 anos depois quando fica sabendo que ele está muito mal em um hospital.

Ao chegar no local, fica sabendo pela filha de Afrânio, Tereza (Julia Dalavia), que seu pai ficou viúvo logo após o nascimento do seu irmão.

Nesse momento, os dois se reencontram e a paixão que estava adormecida volta com força total. “É um amor mais forte e acho que, por isso, toca tanto as pessoas. Tem aquele peso todo. É bonito a força da Iolanda, uma mulher com atitude e que não deixa se fraquejar. É bonito representar esse amor e essa mulher”, finalizou.