Cármen Lúcia suspende resolução que permitia cobrar até 40% por procedimentos de saúde
Brasil

Cármen Lúcia suspende resolução que permitia cobrar até 40% por procedimentos de saúde

A ANS publicou as novas normas, agora suspensas, em 28 de junho. Na chamada coparticipação, o paciente paga uma parte de consultas e exames

FolhaPress | Postado em: 16/07/2018 às 15:38:19
Cármen Lúcia suspende resolução que permitia cobrar até 40% por procedimentos de saúde


Compartilhe



Compartilhe