Do Mais Goiás

Capitão dos bombeiros é condenado a 15 anos de prisão por receber propina para liberar projetos

De acordo com a decisão, ele liberava projetos de forma irregular em troca de dinheiro

Capitão dos bombeiros é condenado por receber propina 
Capitão dos bombeiros é condenado por receber propina (Foto: reproduçao)

Um capitão do Corpo de Bombeiros foi condenado a 15 anos de prisão acusado de receber propina para aprovar projetos de liberação de prédios e empreendimentos comerciais. O caso aconteceu em 2012 quando ele trabalhava em Goiânia e Caldas Novas. Ele nega.

Fernando Lima era subchefe de proteção contra Incêndio, Explosão e Pânico e é acusado de beneficiar uma engenheira para aprovação de projetos. Em um dos casos, ele teria aprovado no mesmo dia em que foi entregue um projeto “sem o atendimento das normas técnicas”.

Segundo aponta a decisão, a maioria dos projetos foi aprovada a uma mesma solicitante, o que não configuraria falibilidade humana, conforme apontou a defesa.

De acordo com a decisão, em outro caso, o capitão liberou, em apenas dois dias, um projeto de uma clínica de imagem em desconformidade com as normas técnicas regulamentadoras de construções e reformas . Ele fez a liberação mesmo não possuindo o curso de Análise de Projetos e Edificações e Áreas de Risco, atribuição necessária para fazê-lo.

Entre 4 de abril e 3 de dezembro de 2012, ele recebeu R$5.716 para aprovar projeto também com irregularidades para uma empresária. Ele recebeu de 0,50 a 0,75 por metro quadrado, depositados em sua conta-corrente. Ainda cabe recurso para a condenação.

Resposta

Em nota, a corporação informa que o capitão está à disposição da Secretaria de Segurança Pública e que não foi informada sobre a decisão. O Corpo de Bombeiros ainda analisa as medidas administrativas a serem tomadas.