Do Mais Goiás

Cantora gospel expõe abusos psicológicos feitos por pastor

"Sofri abusos psicológicos, danos que me perseguem até hoje, por alguém que se auto intitula pastor mas nunca foi ungido", escreveu

Cantora gospel Ludi Moreira do Kemuel expõe abusos psicológicos feitos por pastor
Cantora gospel Ludi Moreira do Kemuel expõe abusos psicológicos feitos por pastor

A cantora gospel Ludi Moreira, ex-integrante do coral Kemuel, fez uma série de posts nas redes sociais expondo abusos psicológicos que sofreu. Sem citar nomes, ela revela que agressor se autointitula pastor e que líder religioso lucrava com trabalho e dava a ela uma mísera parte.

Ludi conta que já foi deixada em uma rodoviária com a própria mala e apenas R$ 20. Também relembrou que passou mais de uma semana no Rio de Janeiro para uma série de shows e recebeu R$ 300 por todo o trabalho, “enquanto o bonito estava trocando o carro dele por um mais caro”, disse.

Ainda sem citar nomes, a artista também pontuou que todos que estão ao redor desta pessoa sabem que ele é “tóxico” e que “todos que já passaram por ele têm feridas profundas”. Porém, nada é revelado porque, segundo ela, o networking que ele oferece “vale mais que a verdade”.

Leia o desabafo da cantora gospel Ludi Moreira sobre os abusos psicológicos:

 

Ludi Moreira foi revelada pela internet e saiu do coral há dois anos. Hoje, ela segue com carreira solo. Na empreitada, já lançou oito singles. No YouTube a cantora gospel acumula 195 mil inscritos e tem 146 mil seguidores no Instagram.

O grupo continuou as atividades sem a artista, com 1,8 milhão de seguidores na rede social e mais de dois milhões de inscritos no canal do YouTube.