Sobreviveu

Cantor sertanejo que foi baleado pela ex-mulher recebe alta em Jataí

Suspeita confessou o crime à Polícia e alegou que a motivação seria o fato de estar sendo ameaçada por Agnaldo; Caso segue sendo investigado

Cidades

Leicilane Tomazini
Do Mais Goiás | Em: 23/01/2020 às 12:44:24

(Foto: Reprodução Facebook)
(Foto: Reprodução Facebook)

Recebeu alta nesta quinta-feira (23), em Jataí, o cantor sertanejo Agnaldo Moraes, da antiga dupla Moraes e Moracito, que foi baleado no último dia 7/1, pela ex-esposa Lilian de Castro. Na ocasião, a mulher confessou o crime à Polícia, e alegou que a motivação seria o fato de estar sendo ameaçada por Agnaldo.

Lilian foi ouvida e responde em liberdade pelo crime de tentativa de homicídio. Segundo o delegado adjunto, Marlon Souza, a arma usada para efetuar os disparos foi enviada para a perícia, mas o laudo ainda não foi emitido.

Caso

Agnaldo foi baleado na rua, próximo à casa de seus pais, em Jataí, e encaminhado ao Hospital das Clínicas Dr. Serafim de Carvalho em estado grave. Lilian de Castro, de 40 anos, confessou ter efetuado quatro disparos contra o ex-marido, sendo que dois deles atingiram a vítima.

À época, o delegado responsável pelo caso, Agnaldo Coelho, informou que Lilian disse em depoimento que a arma usada por ela seria de um cliente de seu marido, que é advogado. A Polícia segue realizando diligências para concluir o inquérito.