FolhaPress

Candidato a vereador é preso com R$ 15 mil escondidos na cueca em Sergipe

Edilvan Messias (PSD) foi solto nesta quarta-feira (21) logo após prestar depoimento

Candidato a vereador no interior de Sergipe é flagrado por policiais militares com R$ 15 mil escondidos na cueca - Divulgação/PM-SE
Candidato a vereador no interior de Sergipe é flagrado por policiais militares com R$ 15 mil escondidos na cueca - Divulgação/PM-SE

Um candidato a vereador da cidade de Carira, no interior de Sergipe, foi preso na tarde desta quarta-feira (21) com R$ 15.300 escondidos na cueca.

Edilvan Messias dos Santos (PSD), mais conhecido como Vanzinho de Altos Verdes, recebeu voz de prisão de policiais militares que investigavam denúncia anônima sobre suposta compra de votos no município.

O caso ocorreu uma semana após o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), ex-vice-líder do governo Bolsonaro no Senado, ter sido flagrado, durante operação da Polícia Federal, com R$ 33.150 também na cueca. Após repercussão do episódio, ele pediu afastamento do mandato por um período de 90 dias.

Durante a abordagem realizada em Sergipe, os policiais encontraram material de campanha eleitoral no interior de um dos veículos, ocupado por um casal. O PSD local afirmou que o caso será investigado.

Logo após pararem os veículos considerados suspeitos, os policiais iniciaram o procedimento de revista, e localizaram o dinheiro.

As cédulas, colocadas dentro da roupa íntima, estavam numa sacola plástica. Vanzinho de Altos Verdes foi liberado logo após prestar depoimento. A Polícia Civil de Sergipe instaurou inquérito para apurar o caso.

Em depoimento, de acordo com informações da Polícia Militar de Sergipe, o candidato disse que o dinheiro era proveniente de um pagamento e seria utilizado para a compra de um carro. A Folha não conseguiu entrar em contato com o candidato.