Saúde

Campanha de vacinação contra sarampo começa na segunda-feira, 7 de outubro, em Goiânia

A primeira etapa será realizada de 7 a 25 de outubro e o público-alvo é formado por crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinadas.

Cidades

Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 05/10/2019 às 12:21:28

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inicia nesta segunda-feira (7/10), às 8 horas, a Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo. O objetivo é vacinar seletivamente as crianças entre seis meses e cinco anos de idade e adultos de 20 a 29 anos. Esta campanha é uma estratégia diferenciada para interromper a circulação do vírus da doença no país.

A primeira etapa será realizada de 7 a 25 de outubro e o público-alvo é formado por crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinadas. O dia D de mobilização nacional será em 19 de outubro.

O Ministério da Saúde priorizou este grupo devido a elevada incidência da doença nesta faixa etária nos surtos registrados em 2019 e maior risco de desenvolver complicações como, cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos.

A segunda etapa será realizada entre 18 a 30 de novembro, com a vacinação de adultos jovens na faixa etária de 20 a 29 anos. O dia D de mobilização nacional será 30 de novembro. O grupo também foi priorizado nesta etapa devido ao número de casos confirmados nessa faixa etária ser expressivo.

Outras idades

Durante a primeira fase da campanha (de 7 a 25 de outubro), a vacinação será restrita temporariamente aos menores de cinco anos. Após o dia 26 de outubro será reiniciada a vacinação seletiva de rotina nas demais faixas etárias. Na segunda etapa, entre 18 e 30 de novembro, a orientação é focar no grupo de 20 a 29 anos com vacinação seletiva, mas não de forma restrita, como na primeira fase.

A meta mínima a ser alcançada na campanha é de 95% de cobertura vacinal do público-alvo. Este ano em Goiânia foram registrados dois casos confirmados de sarampo. Foram descartadas 24 suspeitas e ainda há 19 em investigação.