Pipa Sem Cerol

Campanha de férias apreende cerca de 93 mil metros de cerol, em Goiânia

De acordo com a Prefeitura, a quantidade equivale à distância de Goiânia à Vianópolis


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 08/08/2019 às 18:46:15

Foto: Divulgação/GCM
Foto: Divulgação/GCM

Encerra nesta terça-feira (8) a Campanha Pipa Sem Cerol. A mobilização, que tem o intuito de conscientizar sobre o perigo uso de material cortante em pipas, apreendeu este ano cerca de 93 mil metros de cerol em Goiânia. De acordo com a Prefeitura, a quantidade equivale à distância de Goiânia até o município de Vianópolis, que fica na região central do estado.

O Jardim Novo Mundo foi o que mais apresentou o uso do material, com 12 ocorrências. Seager União fica em segundo lugar, com 8. Em terceiro está o Parque Atheneu, com 7.

A ação é realizada anualmente, desde 2009. “Desde o início da campanha os números de acidentes com este artefato são decrescentes, ou seja, vêm diminuindo conforme os dados”, afirma José Eulálio Vieira, comandante da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Segundo a Prefeitura de Goiânia, em 2009 o uso de cerol fez nenhuma vítima fatal. Em 2010 foram quatro mortes; em 2011 uma; em 2012 nenhuma; em 2013 um jovem morreu. Já em 2014 não aconteceu nenhum acidente fatal, em 2015 uma morte foi registrada. Nos últimos anos, de 2016 a 2019, não houve vítimas fatais.

A campanha este ano é fruto de parceria da GCM, e também das secretarias municipais de Educação, Infraestrutura, Agência Municipal De Turismo Eventos E Lazer (Agetul), Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) e da empresa Magia do Papel.

O encerramento da mobilização nesta quinta-feira foi marcado por um evento no estacionamento do parque Mutirama. A programação contou com a doação de 200 pipas à crianças, brincadeiras, teatro, música, além da apresentação de todo o material apreendido durante da operação.